Peter Facinelli diz: "Eu me sinto mal por Robert Pattinson"

Traduzido/Publicado por Júlia Menezes em 06 Aug 2010


É difícil de imaginar isso agora, mas as multidões nem sempre  estiveram lá. Enquanto filmavam o primeiro filme em Oregon, Facinelli disse que ele e os amigos Kristen Stewart e Rob Pattinson podiam jantar em um restaurante local e ninguém olharia para eles.

“Nós podíamos estar fazendo um comercial de cookies. Ninguém se importava com o filme que estávamos gravando,” ele disse. “Nós sentíamos a repsonsabilidade de fazer um bom filme para os fãs do livro. Mas em algum ponto entre o fim das filmagens e a premiere, a base de fãs explodiu." 

Mesmo depois disso, Facinelli disse que muitas vezes não era reconhecido em público. Na vida real, ele é um bonitão de 36 anos com um brilho saudável em si. São necessárias duas horas de maquiagem para transformar o ator em Carlisle Cullen, um vampiro de 350 anos com cabelo loiro claro e pálido e pele de mármore. 

É claro que hoje em dia, as admiradoras não tem problemas em achá-lo no meio de uma multidão. Ele está feliz em ter de dar autógrafos e posar para fotos, apesar de preferir não ter que fingir estar mordendo o pescoço de alguém. Em sua maioria, ele diz, as fãs são amigas e companheiras. Elas são muito educadas quanto a isso,” ele disse. 

“Me sinto mal por Rob Pattinson. Ele não consegue andar por aí. Eu ainda consigo passear num shopping e as pessoas me reconhecerem, mas não parece que o shopping inteiro está olhando pra mim.”

Tradução: Josi Teixeira


Powered by CuteNews