Museu Mundial do Circo em Baraboo é destaque em Água Para Elefantes

Traduzido/Publicado por Ana Clara em 07 Aug 2010


BARABOO - quando as pessoas vão ao Museu Mundial do Circo, eles tem uma ideia de como era o circo nas gerações passadas através de costumes, os vagões dos circos, fotografias e outras exibições na tela.

Mas até mesmo o Diretor Executivo do Circo Mundial, Steve Freese, ficou maravilhado quando viu o circo da era passada que foi trazido de volta na Califórnia para o set do filme "Água para Elefantes", baseado no romance de Sara Gruen. O filme que vai para os cinemas em 2011, estrela Reese Witherspoon e Robert Pattinson, que faz um jovem que se junta ao circo em uma era depressiva.

Para fazer o filme o mais autentico possível, o cineasta pediu ao museu que providencia-se 15 vagões de circo mais algumas pesquisas e especialidades para a produção.

Freese, que visitou o set varias vezes no verão disse ter ficado espantado com o nivel de detalhes que foram usados para criar o set. Ele aponta para uma fotografia branco e preto do circo que a produção recriou no set.

De fato, a participação do Circo  Mundial em "Aguá para Elefantes" estava no livro. Quando ela estava escrevendo o livro, Gruen passou um tempo no museu fazendo pesquisas, e Gruen e Freese fizeram parte do evento em Madison em 2007 para o lançamento do livro.
 
"É uma boa leitura para qualquer pessoa," Freese disse. "É uma ótima historia de amor entrelaçado com uma otima historia de depressão. isso te dá uma breve ideia de com era ser o empregado de um circo."

Tradução: Luma Bloris

Powered by CuteNews