O que Robert Pattinson e a Ópera têm em comum?

Traduzido/Publicado por Deia Almeida em 19 Nov 2010


Longe estão os dias da televisão em preto-e-branco, o VHS é antigo, e nós nos encontramos no crepúsculo da era do DVD. Com quase tudo disponível como um feed streaming ou download digital, a mídia do físico tornou-se obsoleta. Na verdade, a obsolescência do físico se tornou tão difundida que agora você pode assistir a um concerto em Houston de casa, na sua sala de estar em Bangladesh, se assim o desejar. Sim, isso mesmo, um concerto privado em casa do outro lado do mundo é para você assistir, gratuitamente. Como isto é possível? Porque, "Fora com o físico, que venha o digital!" É o novo mantra da cultura pop.Tome o YouTube como exemplo. Tudo no YouTube é gratuito e é derivado de milhões de fontes diferentes em todo o globo. É um conceito divertido e legal, mas e se tal conceito, fosse aperfeiçoado para acomodar eventos privados que promovam a música e as artes? Passion Ate Dave começou a sediar concertos em casa, em Londres, filmá-los e publicá-los online em 2009.O conceito foi recebido com elogios e atenção notável. Na verdade, Robert Pattinson da famosa série de vampiros "Crepúsculo", realizou no Londres SoFar Sounds um concerto no início deste ano. No vídeo seguinte (que tem agora mais de 88.900 visualizações no YouTube) Pattinson veste um chapéu do beanie, dedilha um violão e canta com uma voz de alma crua.

Vídeo:
Na semana passada, tive a honra de me apresentar num evento da SoFar Sounds em Houston. Robert Pattinson se apresentou num show do SoFar Sounds que depois foi para o YouTube, dando ao novo conceito um lugar nos holofotes. De acordo com Kristen Eide do The Houston Press, "Não era nenhum evento acústico. As bandas variaram de quarteto de ópera e de cordas para o rock eletrônico e indie britpop. Jennifer Grassman expôs alguns sentimentos profundos e muitas vezes dolorosos, levando-nos para uma página de seu próprio diário, enquanto tocava piano e cantava em um tom surpreendentemente otimista. A Opera nunca ficou tão íntima como quando ele conectou-se individualmente aos membros da plateia. Então, o que Pattinson e a ópera têm em comum? Ambos encontraram um lar confortável em um novo e revolucionário conceito sobre as fronteiras da "Revolução Digital": Sofar Sounds - uma combinação de configurações empresariais de shows intimistas, de mídia digital online e promoção de base global.

Tradução:
Sheila Andrade
Fonte:
The Washington Times


Powered by CuteNews