Robert Pattinson X Ian Somerhalder: A celebridade do ano do canal E! é...

Traduzido/Publicado por Deia Almeida em 29 Dec 2012


Tambores, por favor! 64 astros de Hollywood, cinco semanas de votações intensas e eliminações chocantes, seguido de uma rodada coringa: A celebridade do ano do canal E! é... ROBERT PATTINSON. De novo!

O que significa que o galã de “Crepúsculo” já ganhou oficialmente nosso prêmio por três vezes seguidas (no ano de 2009 ele ficou em segundo lugar, perdendo para... Adam Lambert?!).

Por essa façanha, R. Pattz tem que agradecer a toda a sua legião de fãs dedicados, que votaram incansavelmente para que o galã alcançasse o topo da competição, com todo o merecido fervor de um fã “Twi-hard”.

Nos desculpe Ian Somerhader (nós continuaremos te amando). Então, o que justifica a vitória do Sr. Edward Cullen?!

Bem, vamos elencar o porquê: Bem, primeiramente por conta dos filmes. Ele fez uma atuação suja e indecente em BelAmi (é melhor esquecermos desta parte). Ele arrebentou em sua atuação em Cosmópolis e simplesmente dominou o festival de Cannes com o lançamento deste filme. Só então teve sua tão esperada atuação no fim da Saga, em “Amanhecer-Parte 2”. Agora vocês entendem o porquê?!

E também houve certa controvérsia e conturbações na vida do nosso galã — o que seria de um ano na vida do casal “Robsten” sem alguns problemas?! 2012 já está indo embora, mas uma pergunta fica no ar, “eles estão ou não, juntos?”, e essa pergunta com certeza interferiu na franquia. Com a chegada do verão vieram as conturbações: Kristen Stewart e o diretor do filme “Branca de Neve e o Caçador” foram flagrados, envolvidos em um escândalo de traições. Mas pelo que pareceu, o casal “Robsten” se manteve intacto.

E quanto ao cabelo do Rob?! Perfeito como sempre. Mas a Saga terminou, então não teremos mais chances de ver o Rob ganhar novamente do ano seguinte, certo?!

Ele tem uma série de filmes a serem lançados: “The Rover” (um filme australiano estilo faroeste), “Queen of the Desert” (no qual ele será um “Laurence” da Arábia) e o filme “Maps to the Stars” (do diretor David Cronenberg – do filme “Cosmópolis”). Apenas para citar alguns.

E nós não temos nenhuma ideia nem como premeditar quais são os projetos e o que ocorrerá ano que vem na vida da K. Stew.

Pensando bem, Rob poderia continuar vencendo até o fim dos tempos.

Fonte | Tradução: Carol Almeida

Powered by CuteNews