Robert Pattinson caça Saddam Hussein em novo Thriller: 5 razões de Ele ser o Homem Certo

Traduzido/Publicado por Deia Almeida em 02 Feb 2013


Crepúsculo fez o seu nome familiar, mas desde a explosão de sua popularidade, o vampiro galã Robert Pattinson não se contentou em deixar sua fama sobrepor sua carreira. Seu próximo papel é a prova: Pattinson está confirmado para estrelar Mission: Black List, um thriller psicológico que o coloca na pele do real Invetigador do Exército Eric Maddox. Maddox influenciou na captura de Saddam Hussein, seu diário (no qual o filme se baseia) revela em detalhes como ele não usou de violência, métodos de controle de mentes para extrair a informação que precisava.

As percepções sobre o alcance de Pattinson são frequentemente apontadas graças ao seu papel de maior sucesso (Edward Cullen não lhe fez nenhum favor), mas Mission: Black List pode ser uma parte decisiva para o jovem ator. Aqui está o por quê:

Ele é versátil

Primeiro ponto: Pattinson talvez seja tão desajeitado quanto em Crepúsculo quando está desfilando pelo tapete vermelho, mas é apenas por ser um ator sério que parece deixar seu status de celebridade fora do trabalho. Entre sua tão amada franquia, ele abordou biografias ( Salvador Dali em Poucas Cinzas), dramas reais (Lembranças) e espetáculos periódicos (Água para Elefantes). Vimos apenas um pouco do que Pattinson é capaz de fazer, mas sua boa vontade de explorar várias histórias, temas e personagens é prova de que ele é bem capaz de se sujar em um filme.

Ele não é o primeiro rapaz bonito a passar a fazer filmes de ação

O caminho para a legitimidade pode ser duro para atores que explodiram em cena em uma idade precoce, mas Pattinson está no rumo certo. Como Matt Damon, que se envolveu em muitos dramas com The Talented Mr. Ripley, The Legend of Bagger Vance e All the Pretty Horses antes de pegar o papel de Jason Bourne em The Bourne Identity, Pattinson tem se estabilizado como alguém que pode fazer filmes que parecem "fora de seu alcance". Muitos estimaram Damon quando ele começou porque era magricela e inteligente - não um típico herói de ação. Pattinson está no mesmo barco, mas é por isso que Hollywood possui personal trainers!

Ele está pronto para a transformação

Falando em características físicas, o papel em um filme militar promove a Pattinson uma grande motivação para perdeer seu look reconhecível. Se ele irá se tornar Eric Maddox, terá que parecer com ele - e isto significa cortar seu cabelo. E ele o fará - Pattinson deve ser reservado em sua vida pessoal, mas ele nunca foge da parte da adaptação. A pele de diamante deve ser insano, mas ele fez. Um cabelo raspado e alguns quilos a mais de músculo talvez sejam um pequeno detalhe, mas é um caminho longo para um ator dispersar noções preconceituosas. Pattinson não deverá ter problemas para chutar sua imagem.

Ele pode vir vivo

Julgando o trabalho anterior do diretor Jean-Stephane Sauvaire (que está cotado para encabeçar o projeto), Mission: Black List deverá ser um dissecação altamente cinética, muitas vezes assustadora da ocupação americana e à caça de Saddam. o filme requer um performance energizante de Pattinson, o outro fim para o espectro da maioria de seus filmes. Mas nunca se esqueça de seu tempo no mundo de Harry Potter, onde o ator foi posto em ação como a estrela de uma competição em O Cálice de Fogo. Diabos, ele nem sorriu naquele filme! Se Black List seguir em momentos de ação, Pattinson parece servir para esta tarefa.

Ele está se esforçando

Com Amanhecer - Parte 2 na lata e pronto para ser liberado para o mundo, Pattinson está planejando cuidadosamente do próximo passo em sua carreira. Ele poderia facilmente interpretar - veja Zac Efron em O Homem de Sorte como evidência. Mas ao invés disso, ele está contando planejar em colaborar como diretores visionários em projetos amplos. Mais estranho que o estranho Cosmopolis, dirigido pelo lendário David Cronenberg, irá redefinir Pattinson. Mission: Black List deverá complicá-lo ainda mais. Mesmo se o filme for um desastre, se ele acabar sendo inteiramente ruim, o fator de risco é razão suficiente para Pattinson participar do filme. Como sua co-star em Crepúsculo Kristen Stewart, Pattinson está trilhando uma carreira diversificada que o permitirá fazer o que quiser no futuro. Ele precisa deste filme, o que significa que se esforçará para fazê-lo da melhor forma.

Fonte | Tradução: Roberta Neves

Powered by CuteNews