Robert Pattinson fala sobre Edward Cullen e Crepúsculo

Traduzido/Publicado por Ana Paula em 28 Mar 2009


Foi difícil dominar o sotaque americano para o papel?

Não muito, pra falar a verdade. Todos os meus atores favoritos são americanos e eu cresci assistindo filmes americanos. É estranho, porque eu costumava fazer um sotaque de Nova Jersey em toda audição que eu ia nos Estados Unidos,porque eu gostava.É completamente bizarro e todo mundo perguntava: “De onde você é?” e eu respondia: “ De Londres!”

Ser britânico deu à você algo a mais para interpretar um vampiro?

Eu não sei se ser britânico ajuda! (risos) É estranho porque tinha muitos atores britânicos para este papel.A escolha da autora era um cara inglês,o que foi muito estranho.Ela queria que todos os caras ingleses interpretassem um americano.Eu acho que tem algo sobre esse mito na América sobre britânicos terem classe.

Havia muitas pessoas para este papel?

Aparentemente sim. Eu sei que eles foram escalados há mais tempo e eu fui a última pessoa que eles viram.

Você fez algo para convencê-los de que tinha que ser você?

Eu não sei. Eu apenas fui lá e tive uma conexão com Kristen. Eu acho que foi porque eu esperava tanto que fosse diferente do que se tornou e esperava que a garota que interpretaria Bella fosse tão diferente da Kristen,que eu fiquei chocado quando ela fez a performance dela. Eu só pensei que eu causaria aflição na atriz.E eu não poderia fingir ser o príncipe charmoso à uma garota boba! Não que o livro seja assim.Mas eu achei que era nisso que o filme iria se tornar. E é claro que Kristen é forte,inteligente e uma boa atriz,e então isso mudou completamente minha opinião e eu acabei interpretando ele como um tipo de arruinado. Foi assim que aconteceu.

O que faz Edward ser diferente dos vampiros convencionais?

Ele não tem presas. Ele não morre no sol ,mas ele tem pele pálida. Eu pintei meu cabelo de bronze. Ele é completamente relutante. A maioria dos vampiros não querem ser vampiros porque tem uma questão moral envolvida e Edward tem essa crença. Ele não mata mais as pessoas. Mas ao mesmo tempo ele não sabe se é certo não matar. E ele pode se encaixar com uma sociedade normal.

Você teve que ir para um lugar escuro para interpretar o papel de um vampiro?

Mais ou menos. O jeito que eu queria interpretar ele era mais como um perdedor, como se ele fosse um tipo de personagem precisando de ajuda. Ele estava inconsciente quando ele foi mordido. Ele não teve escolha. Ele acordou três dias depois querendo matar as pessoas sem saber o porque. Ele descobre que nunca vai envelhecer e vai viver para sempre,e ele é esse tipo de super-homem,mas ele nunca pediu por isso. Mas antes desta noite ele era um cara normal de 17 anos e agora ele tem que sair e matar um monte de pessoas e tudo por culpa do seu pai substituto-ele é esse eterno adolescente. Ele é muito frustrado.

No livro, Edward é descrito como lindo.Você se vê assim?

Não! (risos) Eu desisti de fazer a audição por alguns meses por causa disto. Eu li o livro e eu pensei, bem, não há razão para ir.Eu achei que todo o negócio do papel era uma performance puramente física.Como um trabalho de modelo. E eu pensei, eu não vou à academia por nada e então eu já estou fora porque eu teria que ter este “corpo maravilhoso.”

Você foi à academia para o filme?

Eu não fui para o filme no final das contas.Eu fui por um motivo diferente.Eu não queria ter apenas uma barriga definida.Eu queria não ter nenhuma gordura.

Você teve que fazer seus próprios golpes?

Eu tentei. Alguns deles eram bem violentos e também meu golpe duplo parecia exatamente como eu. O mais assustador foi quando eu corri e coloquei a minha mão na frente para parar a van que está correndo na minha direção.Eu tive que praticar várias vezes, mas a van estava vindo muito rápido. E eu estava doente neste dia de gravação. Eu tomei antibióticos e eu estava muito dopado. Então, lá estou eu, segurando Kristen e meu timing não estava funcionando porque eu não estava me sentindo bem... e o carro me acertou no rosto! Aí eu deixei ela cair e não parava de rir.

Algum machucado?

Eu não me machuquei, mas Kristen mal podia andar por quase um mês. Eu me senti tão mal!

Você tem algumas músicas no filme, certo?

Sim, eu as escrevi antes do filme. Mas é incrível como elas se encaixaram. Tipo, eu nunca diria, eu quero muito as minhas músicas no filme. Eu achei que foi meio engraçado. Tem uma música que dois amigos meus escreveram em três minutos e eu cantei no meu antigo apartamento.Eu meio que fiz uma música e agora está neste grande filme. Eu pensei que foi meio que divertido. Eu tive que cantar para o vídeo da minha cara (risos). Foi a experiência mais bizarra, mas eu acho que realmente ajudou a cena. Fez a cena ficar melhor.

Powered by CuteNews