Marcus Foster, fala com o site Examiner sobre sua carreira e sobre Robert Pattinson

Traduzido/Publicado por Ana Paula em 03 Apr 2009


Marcus Foster, co-autor do hit "Never Think", canção que faz parte da trilha sonora Crepúsculo (interpretada por Robert Pattinson) deu recentemente uma entrevista exclusiva ao site "Examiner"

Sua música foi ouvida recentemente por muitos fãs em seu show com Long no Brady Center em East London, e será apresentada em muitos shows num futuro próximo. Para o talentoso cantor, guitarrista e pianista, a inspiração veio quando ele começou a tocar piano, por volta dos seis ou sete anos. “Eu aprendia as músicas que meus pais tocavam para mim como os Beatles e Nina Simone. Eventualmente eu comecei a tocar violão e a tocar em clubes de Blues perto da onde meu pai morava. Eu descobri Tom Waits e ele me inspirou a escrever minhas próprias músicas.” São os mesmos artistas que continuam influenciando Marcus Foster até hoje. Ele diz, “Minhas influências mudam o tempo todo, mas Tom Waits e Bob Dylan são uma influência constante.”

Entretanto, se tivesse de escolher um artista, vivo ou morto, para uma parceria musical ele diz que “provavelmente escolheria Rosetta Tharp ou Nina Simone.”

Quanto à sua amizade de longa data com os amigos Bobby Long, Sam Bradley (que também são co-autores da música “Let me sign”) e a estrela de Crepúsculo Robert Pattinson, ele diz: “Eu estudava com Rob e Sam, e conheci Bobby há alguns anos atrás e eles são meus garotos!” Claramente a relação deles ainda é muito próxima.

Apesar do grande sucesso de Crepúsculo que colocou Rob nos holofotes, Foster diz: “É bem louco. Não mudou ele em nada. Eu estou orgulhoso.” Ouvir isso de Foster é bem confortante para os fãs de Robert, que gostam dele e da sua personalidade do jeito que está.

Seu amigo Bobby Long, que foi entrevistado recentemente, está embarcando numa recente turnê pelos EUA, e perguntamos à Foster o que ele achou da futura turnê de Long. Ele disse: “Eu estou muito animado por ele e planejando fazer alguns shows com ele no verão.” Então teremos uma turnê nos EUA com Foster? Ele diz, “Eu estou amadurecendo a idéia com meu empresário e arrajando as coisas com um agente, as datas estarão no Myspace assim que possível.”  Em outras palavras, está sendo planejado. Então fãs americanos, se preparem. Uma parada conhecida será o TwiCon 2009, que vai hospedar o par durante as sessões da banda em julho, no máximo agosto.

De todas suas maravilhosas e poéticas canções, “I don´t mind” é uma das favoritas do público (e está disponível em vídeo agora), perguntado se ele tivesse de escolher qual seria sua favorita, ele responde: “ Sempre gosto de tocar ‘Tumble Down’.”

Foster, que tem o senso de humor parecido em autenticidade e solidariedade com o de Pattinson, Long e Bradley, disse que seu maior sonho é “Pescar um peixe grande”. Esse é esperto. Quando desafiado para descrever sua personalidade em uma palavra, Foster diz, “Eu não consigo pensar em uma palavra,” e aí vencido pela sugestão “ indeciso?”

Marcus Foster terminou a entrevista com uma mensagem calorosa para seus fãs, dizendo que espera que eles gostem de sua música, para assistirem ao próximo EP que estará disponível no iTunes e na web, e que ele está “esperando  ansiosamente por sua turnê americana.”  Por agora, Foster tem vários shows em Londres. E futuramente, pretende fazer uma pequena turnê de verão com Bobby Long.

Powered by CuteNews