Entrevista ao fandango com Robert Pattinson

Traduzido/Publicado por Bruna em 02 May 2009


"Surreal" é uma palavra que adequa perfeitamente a vida de Robert no momento. Conversamos com Robert e ficamos sabendo de algumas coisas.

Fandango: Houve uma alegria,intencionalmente bizarra do público de Dalí e então lá está a arte dele, que deve ser levado muito a sério.Você chegou a pensar se ela se aplica ao seu próprio trabalho?

Pattinson: Sim. Ele tinha um fanático controle sobre como ele foi percebido. Mas agora é realmente fora de controle - fora de seu controle. Sua imagem pública parece estar apenas nas mãos de pessoas estranhas. Você vê que estas notícias surgem a todo o momento e você pensa:"Jesus.Como você sabe ...? "

Fandango: É difícil interpretar uma pessoa real, em oposição a interpretar o fictício Edward Cullen, que tinha estabelecido a sua história em preto e branco?

 Pattinson: Acho que de muitas maneiras, é do mesmo jeito. Você está interpretando ainda uma ficção mesmo que você esteja com um papel de um personagem real. É o mesmo tipo de aproximação de alguém. A única coisa que você pode tirar do livro é o esboço geral, o humor muda, as alterações emocionais e de desenvolvimento. Eu não estou interpretando como exatamente está no livro.

Fandango: Dalí foi um famoso surrealista e sem dúvida você teve a sua quota de experiências surreais nos últimos meses - como os fãs gritando e chorando com os dvds...

Pattinson: Eu sei! Eu estava em um blockbuster no dia em que foi sendo liberado. Eu tinha esquecido que estava a sendo lançado nesse dia. Havia duas famílias, que tinha chegado com as filhas de oito ou nove anos de idade,para obter o seu DVD. Eles estavam de pé chorando e eu ficava vendo o que todo este alvoroço.Eles não sabem que eu estava lá nem nada. Eu só estava pensando "Uau, você está chorando por causa de um DVD." É fascinante.

 Fandango: E você não se revelou a eles?

Pattinson: De jeito nenhum! [risos]

Fandango: Você está filmando as cenas de Lua Nova. Como vão as coisas?

 Pattinson: A coisa interessante sobre isso é que uma grande parte do meu personagem é na cabeça de Bella. É baseado em uma mistura de memórias e pesadelos. Bella pensa que ela está enlouquecendo. Eu vou fazer algumas coisas realmente assustadoras. Em outras palavras, Bella está realmente assustada com as suas alucinações. É muito, muito diferente de Crepúsculo. Acho que muita gente vai sentir esse tipo de medo uma vez pelo menos. Eu queria tentar colocar isso em Crepúsculo, mas eu não poderia realmente encontrar uma forma de tornar Edward assustador.

 Fandango: Como está sendo trabalhar com o novo diretor, Chris Weitz?

Pattinson: Ele é um grande cara. Ele é muito, muito talentoso, e bem articulador. Acho que deve ser do tipo estressante para ele assumir este trabalho. Ela tem tanta expectativa. Pra ele tudo sempre parece muito calmo.

 Fandango: Como foi assistir o Academy Awards, pela primeira vez?

Pattinson: Eu cheguei lá e, depois estava sentado na segunda fila. Foi inacreditável. Eu continuo a pensar que algo terrível está para acontecer. "Morte" é a única coisa que estou pensando o tempo todo.

Fandango: Você descobriu se alguma das estrelas eram realmente fãs de Twilight, ou se os seus filhos adoram o filme?

Pattinson: Robin Wright Penn veio até mim. Eu pensei que foi um tipod e coisa surpreendente, logo após seu marido tinha acabado de ganhar como Melhor Ator. Isso foi muito, muito surreal.

Fandango: Você contribuiu com algumas canções para a trilha sonora de Crepúsculo.Você está fazendo mais algumas para Lua Nova?

Pattinson: Eu estou em negociações para fazer uma trilha sonora para um outro filme, compor. Eu não posso dizer o que é ainda, mas eu realmente,realmente quero fazê-lo. Acho que não vou ter nada na Lua Nova, mas nunca diga nunca.

Fandango: E futuramente você estará fazendo 'Memoirs', que tem sido descrito como uma história de duas estrelas,tentando superar tragédias familiares.

 Pattinson: Que venha a acontecer. É ainda não finalizado. É um grande livro e isso é algo diferente de tudo o que fizemos antes. Eu estava em Nova York trabalhando um outro dia com Jenny(roteirista). Parecia que esse projeto vai ser muito, muito, muito bom.

Fandango: Finalizando, para muitas pessoas, Dalí se tornou conhecido como o artista com o louco bigode e hoje você é o ator com um cabelo bagunçado. Você reconhecerá as diferentes marcas deixadas?

Pattinson: [risos] Eu não penso sobre isso, mas é engraçado porque as pessoas ainda estão a ficar falando do meu cabelo, apesar de eu ter cortado para torná-lo diferente. Isso é muito engraçado.Espero que eu não fique conhecido por isso para o resto da minha vida.


Powered by CuteNews