Robert Pattinson conta a Risky Biz suas expectativas para "Lua Nova"

Traduzido/Publicado por Bruna em 20 May 2009


Robert Pattinson, que estourou no mercado global no filme "Crepúsculo" e acabou de confirmar presença na quarta continuação de Crepúsculo, inspirado em outro best-seller de Stephenie Meyer, é muito mais do que apenas um rostinho de fama. O ator, que não fez escola de artes cênicas, diz para o chefe do Hollywood Repórter U.K: Stuart Kemp em Cannes sobre quanto tempo ele leva para se apaixonar perdidamente, o porquê ele não liga para quem dirige o filme apenas que seja um bom roteiro e o porquê ele não quer perder seu carro.

THR: Você já veio a Cannes antes?

Pattinson: Eu vim de férias quando eu tinha 12 anos, mas não vim antes. Eu não aproveitaria aqui como férias.

THR: Falemos sobre "Crepúsculo". São quatro livros. É seu plano fazer todos os quatro?

Pattinson: Eu me comprometi para fazer o quarto volume, "Amanhecer." Mas eu não sei ainda quando a Summit começará a filmar, por causa do meu cronograma.

THR: Quão diferente é o roteiro de "Lua Nova", do livro?

Pattinson: Ele é relativamente parecido com o livro. Eu descreveria como um suporte para a história de Bella. Mas acho que ficaria meio piegas se tivesse a voz do meu personagem na cabeça dela no segundo livro. E no filme eles filmaram esses tipos de alucinações. Você faz a imaginação da Bella como uma ficção, e eu estava tentando fazer de algum jeito em 2-D. Minhas esperanças estão apostando em não ficar muito parado e chato. (risos)

THR: Qual o cronograma para "Lua Nova"?

Pattinson: Nós temos quatro dias para filmar. Eu estou indo para Itália para filmar o resto.

 THR: E depois?

Pattinson: Depois eu vou filmar (o drama) "Remember Me," e depois terei três dias de férias antes de começarem as filmagens de "Eclipse".Depois disso eu estarei filmando o filme "Unbound Captives." Eu não posso dizer muito, mas o roteiro requer com que eu saiba Comanche!(Língua do povo nativo dos Estados Unidos) Talvez eu esteja como em "Dançando com Lobos!". Meu personagem só fala Comanche, ha ha.

THR: Você esta filmando as duas sequências de "Crepúsculo" ao mesmo tempo. É muito difícil para um ator fazer filmes separados?

Pattinson: Não muito. Nós só iremos filmar em Vancouver para "Eclipse" e para "Lua Nova" iremos depois mais tarde esse ano.

THR: Como "Remember Me" veio para você?

Pattinson: Eu li o roteiro no verão passado e conheci o diretor Allen Coulter que gostei muito. E meio que uma simples história, mas tem algo sobre o personagem e o jeito que ele fala que é muito parecido com o jeito que eu falo. Teve um naturalismo para o escritor que me senti conectado.

THR: O roteiro é sobre o que?

Pattinson: Eu li em algum lugar que descreveu como uma moderna história de amor. Não tem nada a ver como uma história de amor. É meio difícil de descrever. É sobre um cara com 23 anos que conhece uma pessoa por seis semanas. Você não se apaixona e diz, eu estou apaixonado, depois de seis semanas. É um relacionamento. É uma história de relacionamentos. É bem natural e os personagens são bem reais e bem descritos. É um dos poucos roteiros que eu li e que quando acaba você realmente não quer que acabe. Eu não me arrependo em dizer que Jenny Lumet (escritora do roteiro) é uma gênia.

THR: Como assim?

Pattinson: Eu fui até a casa dela um fim de semana e todos nós só andávamos por lá e conversamos sobre o livro e ela me perguntou o que eu queria com ela. Ela trabalhou no projeto e cerca de uma semana mais tarde ela entregou o script. Ela captou pedaçinhos de minha voz e todas as inflexões e manias que tenho. O personagem do script é bastante semelhante a mim.

THR: Feito para você?

Pattinson: Você só pode realmente desempenhar um papel baseado em si mesmo uma vez a cada 15 anos eu acho (risos). E você só pode fazê-lo se o seu script é bom em captá-lo corretamente. É realmente muito terapêutico.

THR: Onde e quando?

Pattinson: É feito em Nova York e vai durar oito semanas. 

THR: Você o parece gostou de ajudar com a escritura de “Remember me”. Um escritor frustrado?

Pattinson: Não, é muito legal quando alguém está a escrevendo para você.

THR: Como você vê a sua carreira até agora?

Pattinson: Eu não ir à escola agindo, caí nele. Eu realmente não tenho gostos convencionais, e quero apenas fazer filmes que eu sinto será bom para a minha vida. O que temos feito com "Remember Me" é um trabalho muito estimulante e sutil. Eu realmente não gosto de atuar por atuar. Eu definitivamente não sou uma dessas pessoas que fica assustado quando eles dizem que está sendo sondado por um diretor.

 THR: Como é que você seleciona seus projetos?

 Pattinson: Se há um bom script eu não me importo quem é o diretor que está cuidando do projeto. Eu gosto da maioria dos scripts e sou amigo da minha agente. Ela realmente me conhece e sabe do que eu gosto. Ocasionalmente ela vai dizer: "Eu tenho esse script realmente horrível, mas acho que você deve lê-lo de qualquer maneira", e eu só de olhar para uma página, concordo com ela. Eu quase nunca gosto dos scripts. Depois que eu fiz "Crepúsculo", eu realmente queria trabalhar, mas simplesmente não vi um script que gostei. Fiquei sem fazer nada para um ano inteiro. Foi frustrante.

 THR: Será que o enorme sucesso mundial de "Twilight" afeta você como um ator?

 Pattinson: Eu prefiro não fazer nada a fazer algo estúpido. Sinto que há tanta pressão, devido a esta idéia de carreira. É um pouco preocupante. Fez tanto dinheiro que agora você é julgado pela forma como o filme é recebido, mas também quanto dinheiro é gasto com filme em sua gravação. Essa é a coisa mais assustadora.

THR: Provavelmente haverá é a esperança de que as pessoas que gostaram de você em "Crepúsculo" irão ver "Remember Me"?

Pattinson: Vou ser ajudado por isso. Só espero que quando as pessoas forem vê-lo, elas não digam "Edward não faria isso." Isso não vai ser bom!

THR: Você ainda tem um apartamento em Londres?

Pattinson: Eu desisti de meu apartamento há um ano. Eu não sou realmente de viver em um lugar por muito tempo, no momento, porque basicamente estou trabalhando muito e estou sempre viajando.

THR: Nada o prende?

 Pattinson: Eu nem me lembro onde eu deixei o meu carro (em Los Angeles). É provável que tenha sido rebocado. Esse é meu único imóvel e agora não sei onde está! (Risos) Foi importante para mim porque foi o primeiro carro que comprei. Fez-me sentir como um homem, comprar um carro.

 


Powered by CuteNews