Exclusivo: Não posso ficar no mesmo lugar por mais de 20 minutos por causa das garotas do twitter, revela o astro de Crepúsculo, Robert Pattinson.

Traduzido/Publicado por Bruna em 15 Aug 2009


O astro de Crepúsculo, Robert Pattinson, diz que mesmo após um dia árduo de trabalho, ele nunca fica no mesmo lugar por mais de 20 minutos.

Um britânico de 23 anos tornou-se uma sensação gelada como o vampiro Edward Cullen no filme Crepúsculo. Esta semana ele ganhou o prêmio de celebridade mais sexy no Teen Choice Awards - e Megan Fox ganhou o mesmo prêmio na categoria feminina - e foi eleito o homem mais sexy do mundo à frente de Brad Pitt e David Beckham em uma enquête da revista Glamour.

Significa que, onde quer que Robert vá, será seguido por gritos femininos, especialmente desde a explosão do site de rede social, o Twitter.

"Não me lembro como é ter uma vida normal", admitiu em um de seus momentos mais calmos. "Por causa da Internet e do Twitter, haverá sempre uma multidão se você estiver em um lugar por mais de meia hora”. "Eu aprendi a não ficar no mesmo lugar por mais de 20 minutos”.  

Ele riu, aparentemente ainda espantado com o estilo Beatles de ir e vir.Embora muitos gostariam desse tipo de adulação, quando alguém vê Robert dando entrevistas vai ver que ele considera a situação difícil de lidar.

O ator, que se tornou uma estrela teen interpretando Cedrico Diggory nos filmes Harry Potter e o Cálice de fogo e Harry Potter e a ordem da fênix, odeia assistir-se na telona e ainda teve um ataque de pânico na estréia de Crepúsculo.   "O maior desafio é lidar com a multidão", admitiu. "Eu sou uma pessoa pacata, tímida. É estranho. Você é obrigado a mudar um pouco”.

"Caminhando pela rua através de gritos. Eu não consigo ouvir nem a mim mesmo. Tem sido sempre assim. Me assistir na estréia de Crepúsculo foi um erro. "Eu nunca assisti nenhum trabalho meu desde Harry Potter”.

"Mas eu fui a estréia porque a minha família toda estava vindo para vê-lo”. "Nada muito diferente, somente um puro desconforto”.   "Não posso assistir meu próprio trabalho. Estou apenas sentindo a reação de todos. Eu não consigo lidar com isso”.


No entanto, Robert afirma que ele não é tímido quando está no set - Somente quando o filme estiver concluído ele se sentirá desconfortável. Mas ele afirma que não se preocupa com a forma como parece contradizer-se.

Certamente, se ele não ligasse, ele sentiria prazer em assistir-se? Ele disse: "Isso me parece inútil. Ficar assistindo com um grande ego ou tornar-se deprimido. Então eu prefiro evitar”.

Longe das loucuras dos cinemas, também é uma época difícil para o ator - e não apenas por causa do ego. Em junho, ele foi atropelado por um táxi em Nova Iorque enquanto tentava fugir de meninas gritando. 

 Durante a filmagem da sequência de Crepúsculo, Lua Nova, houve alegações que ele estava sendo protegido pela polícia e Robert, admite que em Nova Iorque teve alguns seguranças devido à multidão. "Mas quando você está sozinho, você fica paranóico", ele disse.

Talvez ele tenha um sentimento diferente do vampiro que ele interpreta na sequência de Crepúsculo - que será lançado nos cinemas em novembro. O filme, que já é um enorme sucesso como livro, levou 11 prêmios no Teen Choice Awards, com Robert vencedor das categorias de Melhor Ator e Homem mais sexy.  

No novo filme, há um triângulo amoroso entre o vampiro Edward, o seu amor humano Bella - desempenhado pela sua suposta namorada Kristen Stewart - e o lobisomem Jacob Black, desempenhado por Taylor Lautner.

 No filme, sentimos mais uma vez que a grosseria é evidente, apesar do ator ter trabalhando como um modelo por quatro anos. "Eu estava tão desconfortável por fazê-lo", ele afirmou. "É realmente tão embaraçoso", acrescentou com um riso.

Desde o sucesso de Crepúsculo, Robert interpretou um pintor surrealista, Salvador Dalí, em Little Ashes e um drama romântico intitulado Remember Me, ao lado da ex-estrela de James Bond, Pierce Brosnan, um filme que será lançado no início do ano que vem. 

Renovado, ele interpretará Edward novamente, o que faz o personagem de Robert o transformar em um dos mais famosos vampiros do mundo? "Eu gosto de interpretá-lo”, disse Robert, que, felizmente, não gosta de sair ao sol, por isso não tem que se preocupar em estragar a sua palidez imortal de vampiro com um bronzeado.

"Eu não sei se eu gosto dele como pessoa. Ele é um pouco moralista para o meu gosto. Ele não é rebelde. Acho que ele deve ser respeitado". Robert também é um pouco moralista, e parece que ele quer interpretar rebeldes na telona no momento.

Ele nasceu em Londres e, como sua mãe trabalhava para uma agência de modelos, não era muito difícil vê-lo como modelo logo aos 12 anos.   Contudo, a sua carreira como modelo durou apenas quatro anos, alegando que começou a parecer velho, mesmo com a pouca idade.

Robert também tinha retomado o teatro amador no Barnes Theatre Company, e, em 2004, fez sua estréia na televisão com o filme “O Anel do Nibelungs” e no filme “Feira das Vaidades”, embora suas cenas tenham sido eliminadas e só aparecem na versão extra do DVD. Seu papel em Harry Potter, que deixou os críticos compararem-no com Jude Law.

Claro que, mais uma vez, ele admitiu que considera uma crítica difícil de aceitar.   "Eu não sou muito bom em aceitar críticas”, ele revelou. "Eu sou uma dessas pessoas mal-humoradas”. Se alguém me diz que tive um grande desempenho, digo, "oh, sim, sim..." de um jeito não muito interessado."Mas se alguém diz que eu sou péssimo, ou algo parecido, aí concordo com ele - embora o odeie ao mesmo tempo”.

Com o primeiro gostinho da fama, Robert admitiu que verificar críticas sobre ele na Internet virou um vício.   Mas agora ele chama as fofocas da Internet de "tóxicas", acrescentando: "Você não pode deixar-se levar por conta do que um anônimo comenta”.

Como o astro de Harry Potter, Daniel Radcliffe, muitas pessoas vão achar que é difícil separar Robert do personagem Edward.E assim como Daniel, o astro de Crepúsculo está feliz no momento, por as pessoas lembrarem do seu papel como vampiro.

Ele tem certeza de que não será visto somente por sua atuação em Crepúsculo. Assim como em Remember me, no qual atua ao lado de Pierce Brosnan, Robert será visto no próximo ano juntamente com Hugh Jackman no drama “Unbound Captives”. 

 O diretor Brett Ratner o quer também para o novo filme cômico “Youngblood”, que apresentará um time de super-heróis. Finalmente, mostrando um pouco de arrogância, Robert disse: "Eu não acho que tenho que provar algo a alguém. “ Eu não espero que me dê algum descanso. "Eu não sou uma dessas pessoas que precisam gritar por uma chance. Eu vou te mostrar o que eu posso fazer”.

"Você sabe, eu realmente não me importo." Se você fizer essas coisas, então o público vai reagir. E se você não pode realmente desempenhar qualquer outro personagem estará tudo bem, também."


Felizmente para Robert isso não parece ser um problema.  

Traduzição: Aline Wenceslau

Powered by CuteNews