Charlie Bewley e Daniel Cudmore falam sobre Rob em entrevista

Traduzido/Publicado por Ári em 31 Aug 2009


P: Você achou estranho ver todos esses fãs viajarem para ver o elenco?

Daniel Cudmore: É incrível. Nós podemos litaralmente ouvir Rob andando pela cidade. A gritaria das fãs serve de GPS para achá-lo.

Charlie: Rob é um meio-Deus. Se ele morresse, 10.000 garotas também poderiam morrer por ele.

Daniel: Rob é todos os Beatles dentro de uma pessoa. É loucura. Estou com inveja: toda vez que eu penso que alguém quer uma foto de mim, eles me dão a câmera para eu poder tirar uma foto deles com Robert.

Charlie: De manhã, quando você acaba de acordar e não parece com ninguém mulheres querem tirar suas fotos. Você meio que aceita e depois de um segundo eles te perguntam: “A propósito, onde está Rob?”

Daniel: Ele está escondido no meu bolso.

P: Espere até as fãs verem Lua Nova. Isso tudo vai se reverter.

Daniel: Estou pensando em comprar uma peruca enorme para passar despercebido.

Charlie: Você tem espaço para 2 na sua peruca? Não, sério, é um paraíso. Nós gastamos nossas noites em uma ótima vila em Tuscany, bebendo vinho. No dia seguinte nós voltamos ao set para ouvir os gritos das fãs.

Daniel: Você tem que saber que eles só estão gritando pra gente porque nós estamos atrapalhando eles de verem Rob. “Você está arruinando minha foto, saia da frente!”

P: Algum aspecto negativo além desse?

Charlie: Robert ainda está vivo. O assassino que eu contratei não fez seu trabalho.

P: Como se não fosse o bastante você ter tentado matá-lo no filme.

Charlie: Hey, vocês não deveriam nos prevenir em dizer coisas desse tipo?

P: Está no livro.

Charlie: Sério? Eu não devo ter ouvido muito bem quando a produção me deu o audio do livro. (risos)

Traduzido por: Tuane


Powered by CuteNews