Robert Pattinson na revista Sunday Herald Sun

Traduzido/Publicado por Milla em 26 Oct 2009


Um homem, ou uma mulher de apostas, não apostaria que Robert Pattinson seria a próxima grande coisa. Esse é um cara que foi expulso da escola, só entrou na escola de teatro porque "existiam garotas bonitas" e, bem, não é exatamente o clássico boa pinta que existe por aí.

Concedido, ele fez um pequeno papel como Cedrico Diggory em dois dos filmes de Harry Potter, mas depois dele ser escalado em 2005 para a peça 'The Womam Before'. As chances de derrubar Daniel Radcliffe como o mais quente ator britânico parecia não ser fácil.

Mas isso foi antes de um certo filme chamado Crepúsculo sair, que é baseado no livro famoso que tem o mesmo nome, de Stephenie Meyer. A 'mormom', mãe de 3 filhos, lançou os famosos vampiros vegetarianos e guardar tudo em sua cama, se tornou o maior fenômeno depois de Harry Potter de J. K. Rowling.

***

Adolescentes do mundo inteiro se apaixonaram por Edward e Bella e foi uma questão de tempo para conhecerem os atores. Chats do mundo inteiro mostravam pessoas aciosas para saber quem interpretaria o maravilhoso herói e ficaram desapontadas quando descobriram que era o desconhecido Robert Pattinson. Na verdade 75000 fãs assinaram uma petição pedindo a retirada do ator do filme. "Essa foi minha entrada em Crepúsculo," ele brinca agora.

Mas os fãs estavam enganados e quando o filme foi lançado no ano passado, as audiências mostraram a satisfação do romance entre Edward e Bella (interpretada por Kristen Stewart).

De repente Pattinson, com seu cabelo diferente, pele clara e jeito de James Dean (não que as fãs recentes saibam quem foi Dean), se tornou o vampiro mais cotado.

Agora seus 'recursos' são levados até as revistas, na TV e em websites ao redor do mundo e os paparazzi o documentem a todo o momento. A UK's Glamour o colocou como o cara mais sexy do mundo e a GQ da Austrália o colocou como o ícone da década, mesmo com Barack Obama. Nada mal para um cara que não era conhecido a 12 meses atrás.

Tem sido difícil estar no topo para o garoto de Londres de 23 anos, mas ainda vale a pena. Falando de Vancouver, onde ele está filmando o terceiro filme da série, Eclipse, Pattinson diz que trabalhar sempre está deixando-o sem tempo para ler, acredite, sobre ele na imprensa. Perguntado como ele estava lidando com a fama, ele diz, "Eu ainda não sei na verdade. Eu fiquei meio trancado depois que as coisas começaram a se intensificar. Só percebi a escala disso quando estava filmando outro filme [Remember Me] em Nova York e milhões de pessoas iam lá todos os dias. Acho que descobri o quanto minha vida saiu de contexto."

A estrela tem passado 12 horas por dia no set, onde esteve filmando uma cena de luta durante toda a semana, e ele tropeça em sua palavras. "Desculpe, eu tenho que esperar pelo meu cérebro," ele explica.

"Preciso voltar ao modo." Depois de trabalhar quase sem parar desde janeiro, ele admite que precisa de um descanso. "Antes desses filmes, eu trabalhava 10 dias por ano," ele ri.

Se Pattinson está deixando a fama subir a cabeça, ele não mostra sinais. Ele é singelo, um britânico, e admite que seus pais estão mais orgulhosos do que ele. "Eles estão sempre dizendo que eu deveria estar orgulhoso de mim mesmo, mas eu digo, é sorte, tudo é só sorte."

E sobre a as garotas estrem sempre atrás dele, Pattinson diz que a atenção é em função do trabalho, "Por mais difícil que pareça, mais consciente você está sobre o que está acontecendo, e eu acho difícil lidar com isso. Mas pessoas te conhecem, mais você se encolhe dentro de você mesmo. Tenho que lutar contra isso."

A criança (que tem duas irmãs mais velhas) da mãe que cuida de modelos e o pai que cuida de carros, Pattinson tem uma confortável educação de Londres. Relatos dizem que ele sofreu no colégio, mas ele diz que a pior coisa com que sofreu foi "alguém roubou meus cadarços quando eu tinha 11 anos."

O que é verdade é que ele foi expulso da escola, mas ele fica sem graça quando perguntamos por quê. "Eu só estava tentando ser inovador," ele finalmente confessa. "Acho que foi injusto eu ter sido expulso. Eu realmente gostava daquela escola."

Ele não tinha planos para sua carreira, só entrar para o teatro porque existiam "garotas bonitas". (Ele também foi modelo, mas ele disse que o emprego não foi bom porque pararam de o ver "como uma menina"). Mas o clube de teatro o deu algo, um papel em 2005 e 2007 nos filmes de Harry Potter, e recentemente um encontro com a diretora Catherine Hardwicke.

Pattinson diz que ele era o último cara da audição para o papel do vampiro. "Acho que os produtores estavam desesperados," ele diz modestamente. Ele fez uma cena com Stewart, que estava no elenco como Bella, e as duas mulheres sabiam que tinham achado Edward. Hardwicke disse recentemente que logo depois da audição Stewart disse: "Tem que ser Rob."

De qualquer maneira, a produtora Summit Entertainment, ainda não havia sido convencida. "Houve um problema no estúdio," Hardwicke contou a GQ . "Eles perguntaram, 'você tem certeza que pode fazer esse cara ficar bonito?'"

Agora é impossível imaginar outra pessoas interpretando Edward, seus olho procurando por Bella (ele não bebe sangue humano e se recusa tomar o de seu amor), mas a estrela diz que não fazia ideia que o filme fosse um sucesso dessa maneira. "Eu não conhecia ninguém que leu o livro antes do filme sair. Eu era completamente ignorante nessa coisa de Crepúsculo."

Desde que saiu é difícil não conhecer alguém com menos de 20 anos que não ouviu sobre Crepúsculo. E as fãs tem se tornado obcecadas com a idéia de que o amor entre Edward e Bella possa estar fora das telas. Essa idéia veio em agosto quando Robert e Kristen foram a um show do King of Leon em Vancouver, e disseram que eles era um casal em segredo.

Alguém pode dizer que é especulação para conseguir mais fama para Lua Nova, mas se você acredita nos tabloides, o par está para se declarar. Eles vão dizem que são próximos de todos do elenco. "Estamos presos nessa bolha," ele adiciona. "Conheço poucas pessoas nos Estados Unidos fora aquelas que trabalham comigo, então é agradável."

O que não está sendo agradável são as restrições de seus movimentos por conta dos paparazzi. Uma co-estrela de Eclipse, Jack Huston, recentemente disse que Pattinson está isolada por consequência da fama, "preso no seu quarto. Ele não pode sair sem ser seguido por 100 pessoas. Existe um preço pela fama. Ainda bem que ele está lidando bem com isso."

Pattinson admite que ele foi uma criança tímida (ele ainda entra em panico se alguém mantem contato visual com ele), então ter tudo documentado deve ser difícil. De qualquer forma, ele está aprendendo a lidar com isso. "A pressão dos paparazzi é difícil, porque você tem muitas pessoas esperando você fazer alguma coisa estúpida. As vezes quando você trabalha 16 horas por dia, você só quer sair e jantar, mas eles esperam você fazer alguma coisa idiota. Isso tem se tornado frequente."

"Você tem que ser um pouco esperto sobre tudo isso. Eu digo, nenhuma das minhas estratégias funcionam muito bem. Eu tenho tentando aparentar que minha vida é a mais chata possível porque eu penso que eles perderiam o interesse, mas não perdem," ele diz.

Ele também diz sobre as fãs que se tornam cada vez mais bizarras. "Uma garota de 7 anos chegou e pediu que eu a mordesse - e era sério. Eu pensei 'você não sabe o que está pedindo'. Foi bem estranho." Pattinson ainda não entendeu toda a coisa de vampiro. "Pessoas sempre me perguntam se eu sou fã de vampiros e eu não sei o que dizer," ele explica. "Eu descobri recentemente pessoas que gostam de qualquer filme ou livro que tem vampiros, não importa como sejam. Eu acho isso estranho."

Ele diz para não se preocupar quando a saga Crepúsculo acabar pois os fãs vão se mover para a próxima grande coisa. "Se as pessoas gostam de você, elas gostam de você. Não quero forçar nada a descer pela garganta," ele diz firme.

Planos imediatos incluem o tour de Lua Nova - mesmo que a Austrália não esteja na agenda - e uma viagem para Europa no natal ("Sinto falta de Londres, muito no momento"). De qualquer forma, ele confessa ser um rockeiro frustrado, que toca piano e violão e tem duas músicas na trilha sonora de Crepúsculo, disse que queria gravar um álbum. "Não estou preocupado particularmente em lançar isso, mas eu gostaria gravar algumas músicas. Mas acho que a única maneira seria fazendo um lançamento," ele diz depois de confessar que precisa treinar mais no violão. "Eu nunca fiz mais do que cinco notas," ele ri timidamente. "Preciso praticar isso."

Ele confessou recentemente que a música seria o plano B se a atuação falhasse. Mas não é provável que vamos escutar Robert Pattinson
cantando logo.

Tradução: Desirée 

Powered by CuteNews