Entrevista - Dentro da área Crepúsculo

Traduzido/Publicado por Bruna em 31 Oct 2009


Como um vampiro campeão de vendas, Twilight chega a Sky Movies Antes do sucesso vampírico Twilight ser lançado no ano passado, Robert Pattinson era virtualmente desconhecido. Agora sua foto está nas paredes das adolescentes e seu nome está no porta-lápis delas. É um filme pequeno, baseado na popular série de livros de Stephenie Meyer, e tem criado uma legião de fãs do sexo feminino. É uma romântica história de amor entre a esquisita estudante Bella (interpretada por Kristen Stewart) e tímida, mas o lindo vampiro (Robert) – tudo feito de uma forma melancólica fazendo parecer Wuthering Heights parecer apaixonado. Com a premiere do filme na Sky Movies esse mês e a sequência The Twilight Saga: New Moon nos cinemas, nós falamos com o próprio.

Então Robert, como vai a vida desde Twilight?
Rob: Tem se tornado cada vez mais bizarra. Não importa onde você esteja no mundo, alguém vai vir até você e falar sobre Twilight. Quando o DVD foi lançado, os amigos do meu pai estavam na locadora e viram todas essas garotas de 8 anos de idade que estavam lá pra garantir seus DVD’s. Elas estavam lá tremendo e chorando – muito estranho.

Existem muitos fóruns de fãs e fofocas sobre você na internet...
Rob: Eu estou consciente disso, mas eu meio que forço a mim mesmo a não olhar esse tipo de coisa. Meus pais me mandam e-mails sobre o que estou aparentemente fazendo o dia todo!

A vida deve ser surreal?
Rob: Eu acho que é. Eu sempre me senti meio recluso, então não faz muita diferença agora que eu realmente sou! Quando você está no set é vida normalmente. Eu realmente gosto de trabalhar com as pessoas ali, e agora Twilight é um sucesso, fazer New Moon parece... bem, seu nível de privacidade diminui a medida que o filme faz sucesso. Eu sempre me senti mais relaxado quando eu estou no set do que quando estou no mundo real. Eu me sinto mais relaxado no set do que dando entrevistas. Eles me perguntam sobre mim e não tem nada pra falar sobre isso!

Lua Nova tem um diretor diferente de Crepúsculo– isso mudará as coisas?
Rob: O diretor Chris Weitz tem um estilo incrivelmente diferente de Catherine Hardwicke (que fez Twilight) e esse filme terá um estilo e energia diferentes. Parece mais com um filme de arte. Não irá ser sangrento mas tem algumas sequências de sonhos. Kristen e eu temos trabalhado duro para fazê-los.

É mais fácil voltar para um personagem que você já conhece? Ou é mais difícil pra relembrar?
Rob: É exatamente a mesma coisa. É igualmente difícil. Todo mundo estava dizendo pra mim, ‘Oh, você não precisa de tempo pra se preparar!’ mas eu não lembro o que eu fiz em Twilight. Eu gravei ano passado. É muito frustrante de muitas formas porque você não pode mudar tudo rapidamente – especialmente porque ele é um vampiro. Mas eu acho que ter algum tipo de restrição te faz trazer mais para o personagem porque você tem que pular dentro de brechas cada vez menores para fazê-lo. Isso me deixa interessado.

Crepúsculo tem muitas cenas de ação. Iremos ver mais disso em Lua Nova?
Rob: Eu apenas fui espancado nesse – e eu posso ser espancado bem convincentemente!

 Os fãs irão gostar?
 Rob: É difícil descobrir como agradar uma audiência massiva. Mas eu acho que está bom.

E sobre o cabelo famoso? Ainda é exuberante?
Rob: O cabelo! (risos) Está um pouco mais ajeitado.

Então o que virá depois do vampiro mais famoso do mundo? Rob: Irritantemente, é tudo segredo. Eu tenho três coisas entre os filmes Twilight – mas eu não posso dizer nada.

Tradução: Josi

Powered by CuteNews