Robert Pattinson: O amor pode ser mais letal do que uma mordida de vampiro

Traduzido/Publicado por Pri Ruppe em 20 Nov 2009


Robert Pattinson transformou milhões de mulheres em todo o mundo em fãs , graças ao vampiro Edward Cullen em Crepúsculo. E Pattinson continua em Lua Nova. Jeanne Wolf da Parede.com ficou próxima com a super-estrela diabólica e charmosa de 23 anos. Pattinson compartilhou seus pensamentos sobre ser romântico e da fama que entrou da noite para o dia.

A picada do amor é mais profunda.
"O que é interessante nessa história é que é para ser sobre essa criatura incrível imortal. Mas ele é destruído só por se apaixonar por uma garota normal. Ele não consegue mais controlar nada. Ele vi sua vida toda caindo. Então acho que o amor pode ser mais letal do que a mordida de um vampiro."

Uma nova perspectiva na relação.
"Estar envolvido em Crepúsculo mudou minha forma de pensar em relação as pessoas e como elas podem ser fanáticas quando querem um relacionamento perfeito. Eu não fazia idéia de que as pessoas eram tão desesperadas e é tão inalcançável. Eles querem colocar essa idéia de devoção incondicional acima de tudo, é por isso que eles não se caçam da história."

Aconselhamento ao amor de Bella.
"Fico esperando para falar as pessoas que entre escolher Edward ou Jacob ela tem que escolher algum outro. Jacob parece ser a melhor opção no começo de Lua Nova, mas fica torturante depois assim como Edward. Então acho que Bella não é uma garota de sorte."

O termino foi difícil de fazer.
"Foi estranho fazer a cena em que Edward diz a Bella que eles nunca mais vão ser ver. Milhões de fãs enxergam isso como um relacionamento ideal. Então terminar o relacionamento ideal foi bastante assustador. Como o fim de um relacionamento em minha própria vida, eu não consigo pensar em um."

E não pergunte a ele sobre ser romântico.
"Eu não sei, não posso pensar em alguma coisa romântica que já fiz. Isso é terrível. Espere. Eu coloquei uma flor no armário de alguém quando eu tinha 15 anos. A garota se chamava Maria. Ela achou que tinha sido outra pessoa e o outro cara tentou ganhar créditos com isso."

A cena em que ele quase jogou tudo fora.
"Eu me senti muito ridículo saindo à luz do sol na frente de 2.000 pessoas em uma praça da cidade, rasgando a roupa. Era como um striptease. Mas aqui está a ironia, foi quando me senti mais perto das emoções de Edward. Havia tantos figurantes na cena que eram fãs de Twilight que tinham vindo apenas para ser uma parte da história. Foi um momento onde eu senti todo o peso da expectativa, e eu acho que a responsabilidade também, de Edward sendo, para todas as pessoas que são tão obcecados pelas histórias. Foi muito edificante e também muito desgastante."

Competir com Taylor Lautner.
"Não vi Taylor até começarem as filmagens. Tive a mesma reação que todos. É como, 'agora preciso ir a academia'. Olhando para vídeos de artes marciais de Taylor, eu realmente não quero lutar com ele de verdade a menos que talvez eu tivesse algum tipo de arma. Mas na história como está escrito, eu acho que é realmente um fato que Edward iria ganhar de Jacob. Acho que pode sustentar o meu ego."

A boas (e ruins) coisas em ser famoso.
"É uma situação assustadora, em muitos sentidos. Você realmente tem que dar um pouco mais de você. Antes de Crepúsculo, eu fiz todos os filmes  que eu podia e tentei fazer o melhor. Mas agora você está previsto para vir e apresentar, não só da viabilidade econômica na bilheteria, mas também um desempenho bem como Smashing Pumpkins. Quando ninguém está assistindo seus filmes e você vai ter uma parte, você pode fazer o que diabos você quer. Eu não tenho esse luxo mais."

O que ele tem em comum com Edward.
"Acho que a teimosia em alguns aspectos sobre algumas coisas. Edward é bastante hipócrita, e eu acho que eu também sou. Fico bastante obsessivo sobre as coisas e possessivo também. Tenho ideias muito específicas sobre como eu quero fazer o meu trabalho e como quero ser percebido, a ponto de, por vezes, ser ridículo. Não escuto ninguém. É por isso que eu não tenho um publicitário. Eu não posso suportar isso, se alguém está tentando me dizer  para fazer algo. Não tenho controle sobre isso. Eu realmente nunca lutei com nada até recentemente. Tenho que parar de ser tão auto-depreciativo, porque as pessoas estão começando a acreditar. Como, "Esse cara é um idiota"."

Tradução: Desirée

Powered by CuteNews