Entrevista do Robert para a revista One

Traduzido/Publicado por Karen em 27 Nov 2009


Inacreditável, mas é verdade! Robert Pattinson ainda acredita que seu sucesso é apenas sorte. Ele está incomodado com o seu sucesso e ele ainda não se sente totalmente confiante como ator. Robert, que é sempre modesto, ainda acredita que ele tem algo a prova. Mesmo que seus fãs estão entusiasmados, Robert não é um dos que gostaria de felicitar-se...

Como é o humor de Edward no início de Lua Nova?

Nesta sequência Edward e Bella têm que enfrentar a verdade amarga. Eles têm que descobrir o quão forte o seu amor é realmente. Quando Edward deixa Bella ele acha que salva sua vida, mas ele basicamente destrói o significado da sua vida. Este filme é mais trágico do que o primeiro. Edward muda ao longo do filme -  no início ele realmente acredita que a única maneira de salvar a vida de Bella é deixá-la. Somente os incidentes que ultrapassam de longe sua imaginação faz ele perceber que é uma necessidade para ele e a Bella estarem juntos.

Antes do Crepúsculo você atuou principalmente em papéis pequenos e em filmes independentes? Por quê?

Depois de Harry Potter, eu poderia ter feito muitos filmes de adolescente, mas eu não tenho nenhum interesse nisso. Eu preferia projetos sérios, como Little Ashes, eu interpreto o pintor Salvador Dali neste filme. Eu realmente amo esse filme, apesar de ter sido bastante difícil. Eu tinha que filmar uma cena de amor com um cara, embora eu quase nunca beijei uma mulher na frente da câmera. (risos)

Como você imagina a sua carreira quando terminar a saga Crepúsculo?

O meu objetivo é interpretar muitos papéis diferentes o quanto possível, porque eu não quero acabar com o papel único de vampiro. Para comédias realmente não é da minha natureza, e seria um grande desafio para mim. É por isso que eu olho para os papéis que reforçam o meu desenvolvimento pessoal e me ajudam a ir mais longe nos meus próprios limites. Infelizmente, as pessoas raramente me oferecem coisas interessantes. Não há realmente muitos bons scripts ... Eu não quero ser um ator só para o bem dela, porque eu nunca realmente gostei de estar no centro das atenções.

É verdade que você quase desistiu de atuar por causa da música?

Houve épocas, quando eu trabalhava apenas 10 dias por ano e eu interpretei os papéis que realmente não me convenceram. E eu nunca entendi realmente porque eu tinha rejeição  por projetos, enquanto eu parecia me encaixar em outras funções. Considerando que a música era algo que eu poderia fazer por mim e parecia mais lógico para mim continuar com este caminho. Mas como um músico eu teria morrido de fome provavelmente. (risos)

Mas há apenas uma resposta positiva em suas músicas na trilha sonora de Crepúsculo ...

Obrigado, mas eu acho que foi errado eu concordar. Tenho a sensação, que utilizei a situação, eu não mereço. Eu me senti como um tolo. Mas foi uma coisa boa para alguns dos meus amigos músicos com quem cresci e que escreveram a canção também. Devido a isso, eles estão excursionando por todo o E.U.A. e esgotando os lugares. O sucesso da saga alterou a vida o que é fantástico para eles. Os fãs de Crepúsculo são realmente leais, talvez até mesmo fanáticos e eles estão interessados em tudo que está ligado à série.

Como foi estar no set com Kristen, mais uma vez?

A química entre nós é apenas certa e fazer isso com ela é realmente fácil para mim. Eu estava um pouco nervoso com a ideia de repetir o meu personagem, mas Kristen me ajudou a entrar no personagem novamente.

Você vê a sua co-estrela como amigos reais ou são apenas colegas de trabalho?

Definitivamente amigos. Eu quase não conheço ninguém nos Estados Unidos, além do elenco de Crepúsculo. Isso manteve todos juntos e passamos muito tempo juntos no set, o que fez a ligação ainda mais forte. Todos os meus amigos estão morando na Inglaterra, por isso é bom ter alguns amigos de verdade no E.U.A. também.

Onde você está vivendo neste momento?

Eu desisti de meu apartamento, porque eu ficava pouco em casa quando filmávamos o filme. No momento em que estou hospedado em hotéis diferentes todo o meu viver é preso em três casas. (risos) Eu estarei em casa com meus pais no Natal. Eu sinto muita saudade de Londres.

Porque você acha que fazer filmes de vampiros têm um sucesso tão grande?

Eu não sei. Eu sei que há fãs que gostam de vampiros, de forma adequada, como em livros, em séries de TV ou no cinema. Mas eu nunca fui um fã de vampiros. Para me preparar para o papel de Edward, eu assisti Entrevista com um vampiro e Blade, mas vampiros são diferentes de Crepúsculo, que é mais uma metáfora. O fato que eles são vampiros, é apenas uma outra maneira de contar a história do amor impossível de cerca de duas criaturas que não estão autorizados a estarem juntos. O filme "Rebelde com uma causa" me inspirou muito para interpretar Edward. O jovem rebelde, interpretado por James Dean, me ajudou a interpretar o personagem, até o meu cabelo vem do filme. O enredo tem muito em comum com o primeiro, há esta menina que vira o mundo de um garoto solitário e estranho de cabeça para baixo.

Eles dizem, que há algumas mulheres muito famosas que querem seduzi-lo.Conte-nos sobre isso!

Bem, talvez, eu realmente não noto nada disso. Eu ainda estou solteiro.

O que você procura em uma mulher?

Ela deve ser pé no chão. Eu não quero namorar uma menina, que seja uma loucura pela minha fama.

Você tem a impressão que é mais difícil para você entrar em um
relacionamento agora que é famoso?

Sim, eu não quero ser paranoico, mas eu me perguntei muito se algumas pessoas são mais interessados na minha popularidade do que em mim. É complicado para encontrar novos amigos quando você é popular. Eu aprendi a seguir meus instintos. Se eu estou interessado em alguém, eu tenho que confiar nesta pessoa e eu não tenho que ter medo de ser traído ou que vendem histórias escandalosas para os tabloides. Eu realmente não tenho algo a esconder, no entanto. Minha vida é realmente entediante e nunca vou entender porque os paparazzi são tão obcecados por mim.

Deve ser difícil ser rodeado por fotógrafos o tempo todo ...

Ah, sim, especialmente porque eles querem que você faça algo realmente estúpido. Eu realmente tentei dar-lhes o mínimo possível para escrever sobre. Eles estão me seguindo o tempo todo e ainda não há nada que poderia escrever sobre, porque eu nunca realmente fiz alguma coisa interessante além de estar no set. Mas porque eles têm que ter uma história para vender as suas fotos, eles tentam me provocar e chamam para fazer isto ou aquilo. Eles estão sempre felizes quando faço algo errado, quando viajo ou faço uma careta. É o tipo de louco ... eu gostaria que isso não me importasse,
mas me aborrece .

Será que a atenção afeta negativamente o seu trabalho?

Quanto mais atenção eu recebo mais difícil fica para mim agir com naturalidade na frente da câmera. Eu sei, todo mundo espera para mim cometer um erro e julgar as pessoas do meu trabalho e minhas decisões profissionaisde forma muito rigorosa. Eu tenho que tomar cuidado em não me afogar. Quanto mais eles querem me tornar uma estrela mais eu só quero desistir de tudo.

Você acha que a fama pode mudar essencialmente a si mesmo?

Estou realmente preocupado com isso. A primeira vez que fiquei consciente foi no caminho para o Oscar. Eu estava sentado na segunda fila, mesmo quando ninguém sabia o meu nome e meu rosto apenas dois anos atrás. Esta foi a primeira vez que eu me perguntei o que estava acontecendo comigo ... era inacreditável. Desde então eu tento ficar calmo e aceitar meu destino.
Certamente eu não quero levantar um dia para determinar que eu tenho uma pessoa completamente diferente. A pior parte é que tudo aconteceu sem a minha ajuda, eu não quero que seja assim. Antes de Crepúsculo eu não acreditava que ser famoso era tão difícil. Agora eu entendo, por que algumas estrelas estão vivendo rodeados por muitos seguranças. Mas você não pode olhá- lo de uma forma negativa e apenas manter-se e dizer "eu odeio isso". Há muitas coisas na minha vida que eu não gosto, mas é preciso lembrar que eu tenho muitas vantagens por causa dela também. Eu só tenho que aprender a aceitar as coisas que eu não posso mudar, também, como esses paparazzi damn. (risos)

Tem orgulho do seu sucesso?

Meus pais me dizem que eu deveria ter orgulho de tudo o que eu consegui, todo o tempo. Eles são realmente orgulhosos de mim. Mas eu tenho sempre que dizer que tive sorte. Quando fiz o teste para o papel de Edward eu acho que eles já estavam realmente desesperados. Eu fui o último na audição depois de centenas de pessoas. Eu acho que foi a sua última escolha antes que quase desistiu.

Você se sente como um prisioneiro na jornada de Crepúsculo?

Não. Claro que estou ligado ao meu contrato e eu tenho que terminar a série, mas isso não é um problema. Os filmes são filmados um depois do outro e muito rapidamente. Vamos encerrar Eclipse até final de Outubro e, em seguida, haverá apenas um mais. Eu não teria sido capaz de sacrificar dez anos de minha vida como com a saga de Harry Potter. Eu realmente admiro Daniel Radcliffe para isso. Nós trabalhamos em O Cálice de Fogo por 11 meses. Eu realmente não sei como Daniel, Emma e Rupert lidam com isso sem ficar louco. Eu teria enlouquecido completamente! (risos)


Tradução: Jene Batalha


Powered by CuteNews