Novas/Antigas fotos e entrevista de Robert Pattinson durante a promoção de Água para Elefantes em Berlim

Traduzido/Publicado por Mariza Canato em 05 Jul 2011


Veja as fotos em nossa galeria clicando aqui.

Rob fala sobre o que o atraiu para o papel de Jacob Jankowski, ser um veterinário na vida real, interpretar um papel de comédia no futuro, onde ele se encontra musicalmente e mais!

Entrevista traduzida pela equipe do RPBR e notas de Nina (ROBsessed):

Título da Matéria: Eu apenas faço o que eu quero!

DYOU: Olá, Rob, podemos fazer essa entrevista em alemão?
Rob: (ri) Eu receio que seria uma entrevista curta, então. Eu sei apenas as palavras "Wiener Schnitzel" e "Frankfurter". (nota: são 2 pratos alemães. Então ele não morreria de fome na Alemanha LOL)

DYOU: Por que você quis interpretar Jacob Jankowski?
Rob: Eu li o roteiro e amei o papel de Jacob desde o início. Mas eu tenho que dizer que eu recebo vários roteiros para ler, mas não gosto da maior parte deles. Foi muito diferente nesse filme. Tudo se encaixou desde o início.

DYOU: Você poderia imaginar estudar medicina veterinária como Jacob?
Rob: De forma alguma! Eu observei o processo em um hospital de cavalos para me preparar para o filme. E eu tive que aprender que isso não é para mim. Eu tive que depilar a perna de um cavalo, para que os médicos pudessem medicá-lo. Eu estava com medo de ferir o animal. Mas com exceção disso, eu jamais poderia imaginar estudar qualquer coisa, porque eu não conseguiria permanecer em uma universidade por anos (risos).

DYOU: Foi prazeroso atuar com 2 vencedores do Oscar?
Rob: Foi muito legal, porque os dois sempre deram sua máxima energia. Uma situação como essa é a melhor coisa que pode acontecer a você. Isso torna a gravação muito mais prazerosa.

DYOU: Parece que você se divertiu bastante durante as filmagens. Você poderia imaginar interpretar um papel em uma comédia?
Rob: Eu não acho que comédia seria a coisa certa para mim. Eu não acho que eu seja particularmente engraçado. Além disso, eu li apenas um ou dois roteiros engraçados até agora e eles apenas eram engraçados, porque o ator principal desempenhou seu papel perfeitamente. Isso é algo que eu não conseguiria certamente. Então eu fico longe disso.

DYOU: Você consegue escolher seus papéis sozinho?
Rob: É assim que eu faço! As pessoas me enviam vários roteiros, mas eu tenho que dizer que eu descarto a maioria deles logo de início porque eu fico entediado. Mas quando eu gosto de um roteiro, então eu quero absolutamente fazer parte daquele filme. O orçamento não importa realmente, a coisa essencial é o papel e o prazer.

DYOU: Isso quer dizer que você apenas fará blockbusters (sucessos de bilheteria) no futuro?
Rob: Definitivamente não. Eu posso lhe dizer que eu fiz um filme independente algumas semanas atrás. Eu não recebi muito dinheiro, mas eu me diverti bastante naquele papel. (nota: pensando nisso, a qual filme será que ele se referiu... acham que é Bel Ami?)

DYOU: Você fará mais música no futuro? Essa é a sua segunda grande paixão...
Rob: Esse é meu sonho. Música é muito legal, porque lá você é seu próprio mestre. Em um filme, você é sempre algum tipo de fantoche do diretor. Como um obcecado por controle, eu não gosto disso (risos). Mas quando eu faço música e especialmente uma apresentação no palco, sou apenas eu que decido as músicas que eu vou tocar. E eu posso ver a reação das pessoas, se elas gostam ou não. É por isso que eu gostaria de sair em turnê novamente.

DYOU: E a última pergunta: Você se incomoda com o fato de muitas pessoas apenas o verem como o vampiro Edward?
Rob: Claro, eu fico aborrecido, mas eu tenho que conviver com isso. Eu sempre tenho fazer com as pessoas me vejam como eu realmente sou. Caso contrário, para mim, será muito difícil fazer algo mais no futuro. Tente imaginar que eu queira ser um dentista. Isso não daria certo, porque todo paciente iria pensar: "O cara de Crepúsculo é meu dentista?" É por isso que eu vou tentar ficar longe de papéis de vampiro no futuro.

Fonte: robsessedpattinson.com

Powered by CuteNews