James Franco fala sobre Robert Pattinson e Amanhecer em entrevista a Playboy

Traduzido/Publicado por Iana Louise em 19 Jul 2011


Playboy: Para participar de Venice Biennale tem que ser convidado e é algo grande. Quais são as características do seu projeto?

James Franco: É um grande projeto que estou incrivelmente honrado e orgulhoso em apresentar. É baseado em 'Rebelde sem Causa' e alguns dos maiores artistas contemporâneos vivos - Paul McCarthy, Douglas Gordon, Ed Ruscha, Aaron Young, Damon McCarthy e Harmony Korine - trabalharam em algumas seções. Eu queria que Robert Pattinson participasse do projeto, mas quando Harmony (o diretor de Rebelde sem Causa) o contatou e explicou o conceito, Rob disse "Não entendo o objetivo," então foi isso.

Playboy: É verdade que você queria fazer um filme de Crepúsculo?

James Franco: Minha agente disse ao diretor Bill Condon que eu ficaria feliz em fazer qualquer coisa em Amanhecer, mas isso porque era para ser parte de um projeto multimídia em Yale. Eu estava trabalhando com um estudante universitário em Yale que havia escrito uma peça autobiográfica sobre montar uma produção teatral de Crepúsculo na qual eu era um personagem. Então eu estava interessado em Crepúsculo porque eu faria parte da peça. Eu pensei que seria uma grande conexão se eu também estivesse envolvido com o verdadeiro Crepúsculo

Fonte: Playboy
 

Powered by CuteNews