De volta a Zona Crepúsculo: Kristen Stewart e Robert Pattinson falam de amor, casamento e bebês

Traduzido/Publicado por Beta Neves em 14 Nov 2011


Enquanto os fãs partem para a primeira parte do final dramático da série, as estrelas Kristen Stewart e Robert Pattinson falam de amor, casamento e bebês... em seu novo filme.

A beleza de seu cabelo negro, ainda desajeitado em sua pele, encontram-se completamente composto em um campo de flores. A grama alta o balança suavemente. Ao lado dela está um menino correndo, com o rosto fresco, cinzelada entre um olhar ninhado e amoroso para sua garota. É uma obra profundamente romântica e extremamente casta dos primeiros rebentos do amor jovem. Tão doce.

É assim que os fãs estão acostumados a ver o casal da Saga Crepúsculo, Bella Swan e Edward Cullen, enquanto dançam juntos como descrito em três filmes baseados nos livros de sucesso fenomenal de Stephenie Meyer.

Claro, estes vislumbres de parar o coração, de longos olhares, de pedidos beirando o pesado, mas as cenas estão saturadas na mesma inocência juvenil, da angústia adolescente misturando-se com um certo tipo de romance que nunca se afasta muito de ser, bem, acima do comum. Nenhum juramento e, certamente, nenhum sexo. Nunca.

Mas as coisas estão esquentando por aqui no perpétuo sombrio Forks, EUA.

A quarta parte da Saga Crepúsculo - Amanhecer Parte 1 - tem esses amantes-estrelas casados, copulando, tendo um bebê geneticamente questionável, e, mais uma vez, lutando contra as forças do mal para salvar o futuro da humanindade. E da vampiridade, e lobisomandade.

A cena de sexo da lua de mel neste, o primeiro de dois filmes do livro final da série, foi reportado como tão intenso, os atores foram chamados novamente no set para regravá-las. A versão original estava muito explícita para passar na classificação.

Ditas como excessivamente "verdadeiras" por Kristen Stewart, que interpreta Bella, foram cogitados por franzir os olhares dos porta-estandartes dos EUA.

Os trailers do filme mostram o casal em um abraço apertado debaixo da cachoeira, e então corta dramáticamente para Bella segurando sua barriga rapidamente crescida. Então tem o parto. Robert Pattinson, que interpreta Edward, disse que esta parte do filme "estava mais parecida com um filme de Jogos Mortais do que de Crepúsculo".

Como o público largo de fãs adolescentes irão digerir o filme que foi tão discutido na mídia depois de sua estreia esta semana. Mas para as jovens estrelas do filme, é tudo parte da Zona Crepúsculo.

"Mal posso esperar para este filme estrear," Pattinson disse. "Sinto que estivemos falando disso há semanas. Bem, e estamos!"

Ele está descansando em um sofá de veludo, no Hotel Four Seasons, em Beverly Hills. Sua camiseta branca apresenta um pequeno rasgo na frente e no centro, os cordões dos sapatos desamarrados e seu boné de beisebol para trás.

Em suma, ele é surpreendentemente discreto e acessível, imediatamente oferece um Olá alegre que rapidamente chega ao seus fervorosos olhos azul-esverdeados. Ele pode ter sido nomeado uma das 100 Pessoas Mais Influentes do Mundo pela revista Time, mas Pattinson não podia parecer mais discreto, se tentasse.

Ele é o primeiro a admitir que este filme é diferente dos três anteriores.

Não só pelo sinal do começo do fim dessa franquia de bilhões de dólares, mas também por levar a mensagem central de abstinência e dar uma mudada - não há problema em se casar e depois ter relações sexuais, mas isto ainda carrega consequências.

Pattinson revela que as cenas do parto angustiante eram difíceis de assistir, já que Bella estava se contorcendo de dor e coberta de sangue para a maioria das cenas. Bella tinha o corpo magro antes de dar à luz a bebê Renesmee.

"A cabeça de Kristen estava ligada a um corpo falso que tinha sangue por toda parte, e que estava usando um vestido rasgado de ospital", diz ele.

"Pareceu inacreditavelmente ruim. E o boneco era tão realista que fiquei chocado quando ele entrou pela primeira vez no set - para ver alguém que você conhece assim é apenas horrível."

Ele não só achou a experiência no set intensa mas ainda teve alguns problemas para chegar a termos sobre o seu lugar no filme. Talvez tenha experimentado que o dilme emocional especial seria se tonar um pai?

"Kristen realmente se ligou a este filme. Ela pensou que esta é a jornada de Bella e que isto era importante. Mas quando li o roteiro pela primeira vez, fiquei tão frustrado porque o que Edward deveria fazer, quando está pelos cantos, preocupado," reclamou o londrino.

"Na hora que fui chamado ao set, Kristen já tinha se lançado tão longe que eu estava apavorado - e não tinha ficado apavorado desde o primeiro filme. Nós filmamos as cenas do parto como uma sequência contínua, desde quando ela entra em trabalho de parto até o nascimento, então nós realmente tivemos que saber o que estávamos fazendo.

Por isso Edward está realmente abatido e desacreditado de seu ego. Apenas na Parte 2 que Edward reconstrói-se novamente, e o admiro por isto."

A experiência foi ainda mais angustiante para os jovens atores, como eles também são um casal fora da tela.

Bem, talvez. Nem confirmam diretamente os rumores. Nem os nega.

Admitir que tem um namorado não deve realmente ser notícia de primeira página, mas depois para Stewart, 21, é - ainda que a contragosto - está acostumada a ter sua vida sendo analisada.

Por mais de um ano, legiões de fãs de Crepúsculo ao redor do mundo suspeitaram que Stewart e Pattinson eram mais que amantes nas telas. E agora eles têm a prova de que o romance que viram florescer na tela tem invadido a vida real. Ou mais ou menos isso.

Em um raro momento de língua solta, ela recentemente revelou que estava ansiosa para passar mais tempo no Reino Unido porque "meu namorado é inglês".

Falando com ela hoje, se tornou óbvio que enquanto atuar é seu ofício, proteger sua vida pessoal tem se tornado seu trabalho o tempo todo.

Linda e mais suave que algumas fotos, ela vestia uma calça skinny e uma camiseta, e feliz por falar sobre como se sente sendo o centro do furacão Crepúsculo.

Sua vida mudou dramáticamente quando ganhou o papel cobiçado de Bella Swan a quase cinco anos atrás, e ela disse que finalmente chegou em termos quanto ao seu estrelato.

Muitas vezes criticada por ser inacessível, ou, às vezes mal-humorada, quando bateu nos paparazzi ou no tapete vermelho, Stewart é otimista sobre os momentos, especialmente quando ela os pesa contra as oportunidades incríveis que ela vai receber, como parte de sua rápida transição de anônima a fenômeno global.

"Sim, me sinto mais confortável agora, mas na verdade é sobre que humor você está," ela disse. "Se está em greves de humor e se está se sentido inconsciente naquele dia, você pode se divertir com isso. O problema é que no tapete vermelho isto é mais difícil de se disfarçar. Então, se estiver tendo um dia introspectivo ou não está pensando claramente, isso aparece. Então as pessoas acham que você é assim o tempo todo, mas não é - é apenas cinco minutos da minha vida."

Ela admite que teve que aprender a se animar.

"É mais fácil agora que percebi que as pessoas não querem que eu seja séria o tempo todo," ela disse.

"Costumava me importar tanto sobre certas perguntas. Por exemplo, algumas vezes alguém dirá de maneira muito frívula, 'O que a experiência de Crepúsculo significa para você?' e eu dizia, 'Você quer uma resposta rápida ou é para dizer o que realmente penso?Porque isto vai levar um tempo'."

Isto de se soltar claramente fez a sua vida ficar mais fácil.

"Você só pode estar interesada sobre o que importa para você," ela disse. "Tomei tudo isto como um emprego. Atuar é o que faço, e tenho sorte de ter uma carreira tão incrível, mas é uma ladeira escorregadia quando você começa a deixar as coisas te afetarem pessoalmente. Manter a cabeça baixa é muito melhor. "

Como para Pattinson, tudo o que ela vai dizer é que o que é dela, é dela.

"Sou egoísta. Penso, isto é meu, e gostaria que continuasse assim. É um jogo divertido de se jogar. Sempre me digo que não vou dar nada, porque sempre não há algum ponto ou benefício para mim."

E por falar sobre se Bella é um bom modelo de papel para impressionar mentes jovens - Stewart é filosófica.

Os livros são acusados ​​de representar Bella como um zumbi apaixonado, que desiste de toda a sua vida por causa de sua obsessão pouco saudável por um homem muito mais velho. Edward pode parecer ter apenas 17, mas ele tem sido um vampiro durante um século. No segundo filme Lua Nova, ela até começa a arriscar sua vida para invocar a imagem de seu amado, mas não antes de se retirar de seus amigos e família, perdida em depressão. Independentemente disso, ela diz que adora interpretar Bella.

"(Bella) está presa em algo que parece ser maior do que ela, e está em um relacionamento que não parece desigual," a nativa da Califórnia explica.

"Edward acredita tanto no relacionamento deles,  mas ele é mais fraco de espírito e não acho que eles podem superar tal adversidade. Mas ela tem fé que tudo vai funcionar, então eu acho que ela é mais corajosa do que Edward. Eu entendo que as pessoas pensem que sua fraqueza pode estar em ela ter que desistir de sua vida por ele, mas você não acha que é valente?"

Mas não é por uma exploração filosófica do lugar de uma jovem na sociedade que os fãs reunem-se nos filmes de Crepúsculo. Esta parte está a caminho de superar todas as anteriores, com "dezenas de milhares" de ingressos já vendidos para as sessões de Amanhecer Parte 1, diz os Cinemas Event, Grater Union e Birch Carroll & Coyle. É essa mistura de romance, sobrenatural, superando as probabilidades íngremes e muita gente bonita com problemas bonitos que as multidões querem ver. É escapismo de entretenimento com dois capitais extras.

E toda a euforia ao redor destes filmes tem crescido por meses, desde a liberação de algumas fotos pelos produtores do muito antecipado casamento entre Edward e Bella (embora nenhuma foto do casal de verdade tenha sido liberada). Pattinson lembra do dia em que disseram seus "Aceito" com alguma diversão, mais por conta da ocasião, por ninguém estava interesado em seu visual.

"Tivemos todos aqueles paparazzi como helicópteros, e ninguém me pediu para esconder tudo sobre o vestido," ele lembra maravilhado.

"Eu estava parado lá em um casamento todo aberto, e Kristen estava coberta em segredo com seu vestido."

Ele é mais do que consciente de sua legião de fãs (Twihards) está desesperada para ver o filme e enquanto a co-atriz de Harry Potter
Emma Watson, que faz a Hermione Granger, ter dito que ela não gostaria de ter este nível de fama, ele é extremamente conciente sobre a atenção que recebe. "Felizmente, não é todo dia que você tem que lidar com várias e várias pessoas porque é meio cansativo," ele disse. "Mas as pessoas aparecem para dizer que gostam de você, e tem muitas pessoas no mundo que dizem não gostar de você, então você tem que apreciá-las porque estão do seu lado."

Ao contrário de stewart, ele aprendeu a fazer da atenção uma vantagem.

"Enquanto filmávamos Água para Elefantes (com Reese Witherspoon, estreou este ano), nós estávamos fazendo uma cena importante, e haviam alguns paparazzis estragando tudo. Também havia uma multidão de fãs que estavam acampados por perto e respeitando tudo, enquanto os paps estavam sendo uma ....

"Enquanto eu dirigia por entre os fãs eu disse, 'Escutem, não posso sair por causa desses caras, mas se você derem um jeito nos paparazzis, então terão uma visão melhor e virei para autografar tudo,' E então eles se livraram deles. Espantaram eles.

"Quando você tem um grupo de 300 garotas vindo até você, não importa o quão grande são esses oito caras! Você pode mobilizar um pequeno exército."

Ele também está planejando tornar sua carreira de estrela em uma carreira "séria", ficando em algo menor, escolhendo papéis. Talvez os Twihards o seguirão nesses filmes. Mas não é seu objetivo. Ele recentemente acabou Bel Ami com Uma Thurman e Cosmopolis de David Cronenberg, mas disse, "Não estou interessado em fazer papéis de estrelas. Você quer o conjunto, não quer que seja, 'Oh, tem um filme saindo com o cara de Crepúsculo'. Os diretores não querem isso também, querem que os filmes sejam deles."

Certamente ele se sente mais seguro agora que tem uma poupança de $55 milhões de dólares no banco e o mundo a seus pés?

"Algo assim. E então não," ele disse docemente. "Sinto que tenho que pensar sobre o que posso fazer. Descobri que tenho que convencer muitas pessoas do meu trabalho agora do que quando não estava tendo um emprego. Quanto mais cedo você começa a ser pago por isso, sua opinião se torna limitada rapidamente."

Stewart também faz questão de olhar para os papéis que a levaram além do que a tornou famosa. Seu desempenho sólido como rockstar Joan Jett em The Runaways recebeu elogios no ano passado, e ela marca próximos papéis de Branca de Neve e o Caçador e ansiosamente aguarda On the Road, baseado no romance de Jack Kerouac. Empurrando-se é uma razão que ela assumiu o papel de Marylou no filme, previsto para lançamento no próximo ano. É a primeira vez que o romance da geração dos anos 50 do icônico Jack Kerouac Beat estará na tela grande, e uma atitude corajosa para qualquer atriz, muito menos aquela que está tão intimamente associada com uma franquia de vampiros.

"Cada experiência molda você e te ajuda a construir confiança," Stewart disse.

"Recentemente, tive a chance de interpretar personagens fora da minha zona de conforto. Não que eu tenha tropeçado em algo que parecia confortável, mas algumas vezs você se dirige a coisas que
relaciona. Eu definitivamente me testei."

Ela credita sua experiência em Crepúsculo por ter lhe dado as ferramentas para uma literatura clássica.

"Tive que lidar com as pressões de ter uma base de fãs que esperam ansiosamente pelo produto, mas On the Road está num nível diferente - as pessoas tem esperado 5 décadas por isso," ela disse. "Este personagem é tão diferente do que sou, tive que me pressionar. Isto me fez perceber que posso fazer mas personagens, ao invés de
interpretar os ingênuos."

Com toda esta loucura em sua vida, Stewart está agradecida por ter amigos e familiares como sua âncora.

"É raro para mim fazer algo que traia quem sou. Me sinto enraizada no que sou," ela falou. "Tinha um problema sério quanto a me vender e não ser eu mesma."

Deixando o trabalho de lado, ela já está planejando o que fazer quando tiver um tempo para si. Sua mão, Jules Mann-Stewart, é de Maroochydore e Stewart disse que gostaria de voltar lá para uma estadia maior.

"Gostaria de voltar para a Australia," disse Stewart. "Fui algumas vezes quando era menor, mas eu era muito jovem então não me lembro realmente de lá."

Já para Pattinson, ele não vê a hora de terminar a turnê de divulgação de Amanhecer e voltar ao trabalho.

"Fiz nove filmes em cinco anos," ele aponta, antes de completar com um sorriso, "É completamente ridículo. Esta e a maior pausa que tive agora mas sabe do que, já sinto que preciso voltar ao trabalho."

A Saga Crepúsculo: Amanhecer Parte 1 estará nos cinemas na Quinta, 17 de Novembro

Fonte: couriermail.com


Powered by CuteNews