Tradução do Especial da EW sobre Amanhecer Parte 2

Traduzido/Publicado por Ana Paula em 13 Jun 2012


Como explicar A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2? Vamos ouvir Robert Pattinson tentar. O ator, 26, diz que este último filme da franquia - com censura 13 anos e nos cinemas em 16 de Novembro - é "mais estranho do que todos os outros filmes juntos". Ele pausa. Ele suspira. Ele gagueja (charmosamente, britânicamente) antes de chegar ao surpreendente e simples relato: "Vampiros são estranhos". E ficam mais estranhos a cada hora que passa. O maior argumento de Pattinson é que enquanto os filmes de Crepúsculo anteriores sempre mantiveram um pé na realidade, (a realidade de uma garota que conhece um vampiro, enfim), Amanhecer, de Stephenie Meyer, o quarto e último livro da série Crepúsculo, é uma partida de 754 páginas, preenchida com um enredo cheio de reviravoltas e novos personagens que a Summit Entertainment dividiu em dois filmes. A Parte 1 cobriu muito do chão das vidas de Bella (Kristen Stewart), Edward (Pattinson), e Jacob (Taylor Lautner) em Novembro passado: Havia o tão esperado casamento de Bella e Edward e algo até mais aguardado, a consumação do matrimônio cheia de penas esvoaçantes, que resultou em um feto crescendo dentro de Bella e um parto sangrento e assustador para nossa heroína, culminando em sua morte. Mas considerando que o filme termina com Bella meio que retornando para a vida abrindo seus brilhantes e avermelhados olhos vampíricos, os fãs sabiam que as coisas estavam somente começando. O que você verá nessas páginas é uma prévia exclusiva da filha de Bella e Edward, Renesmee (Mackenzie Foy, 11) a meio-humana e meio-vampira na qual todas as coisas infernais se enfraquecerão.

"Deixe-me dizer, esse filme é tão estranho," confirma Stewart, 22, claramente pretendendo complementar. "Isso. É. Bizarro." Bill Condon, que dirigiu as duas produções de Amanhecer através dos roteiros de Melissa Rosenberg, diz que ele sempre esteve empolgado para ver como os dois filmes ficariam diferentes. "Eu sempre pensei que a Parte 1 tinha duas metades distintas: o romance e o terror," diz ele. "Mas este é épico. Esse é uma coisa totalmente diferente."

Comecemos com uma das diferenças mais óbvias entre Amanhecer - Parte 2 e tudo o que vem antes. (Sim, sim, alerta de spoiler.) Bella agora deixou o mundo mortal para trás e se juntou ao clã da pele-brilhante dos Cullen, tanto fisicamente quanto espiritualmente. Como diz Lautner, 20 anos, "É tipo o tipo de coisa grande que os fãs tanto esperam - ver a adolescente desajeitada Bella que Kristen fez tão bem, de repente virar essa vampira super sexy, atlética e graciosa. Ela levou isso muito a sério e arrasou!". Condon concorda: "Acho que você não conseguiria compreender quão grande é essa realização até a ver.  Sua transformação de garota de colegial a uma guerreira feroz é maravilhosa. Ela é de uma espécie diferente agora." Stewart contou que os anos que passou observando seus colegas ajudaram muito em sua interpretação de Vampira Bella. "Eu conheço cada versão sobre vampiros, e eu peguei um pouco de cada um," ela diz com uma risada. "Mas eu quis que ela fosse a melhor."

Não que não tenha precisado de ajustes. "Kristen reclamou 500 vezes mais do que eu," disse Pattinson sobre as lentes vermelhas desconfortáveis que os atores que interpretam vampiros precisam usar. "Ela conseguiu reclamar em poucos meses, tudo que nós reclamamos em 4 anos." (Stewart, acostumada há muito tempo com o jeito brincalhão de Pattinson, suspira em resposta e lembra à EW que ela tem usado lentes de contato marrons por cima dos olhos verdes desde que a história começou.) Fazer cenas de ação pesadas usando salto alto não foi fácil - Stewart brinca que a graça natural de Bella como vampira "realmente não existe" na atriz que a interpreta - mas ela conseguiu mostrar sua sanguessuga interior enquanto filmava uma cena em que Bella caça um leão da montanha. "Eu saltava pelo ar e agarrava uma espuma em forma de um leão da montanha." Ela diz. "Eu coloquei aquele filho da mãe no chão! Pela primeira vez eu estava como, 'Uau, eu estou, tipo, realmente, interpretando uma vampira agora.' "

Uma das fontes dessa nova ferocidade de Bella é sua filha. Renesmee, que é meio-humana e meio-vampira, que cresce em um ritmo mais acelerado que o normal, leva em seu coração o drama de Amanhecer: Parte 2. A classe dominante de vampiros conhecidos como "Voluturi" acreditam erroneamente que Renesmee é uma jovem criança que foi transformada em um vampiro, o que é algo totalmente imperdoável no mundo dos vampiros dos livros de Stephenie Meyer, e eles pretendem extinguir o clã dos Cullen como punição. (A menina tem alguns dons sobrenaturais, mas também tem seu coração batendo como o dos humanos e tudo mais) Condon escolheu Foy logo no início do processo de audição. "É uma parte extremamente importante", diz ele. "Havia um monte de crianças. Mas isso era meio óbvio. Foi um daqueles raros momentos em que você vê algo - como uma casa ou um apartamento - e se sente tão bem, que você quer simplesmente levá-lo. Eu me senti desse jeito, tipo, 'Oh, isso é bom." Foy parecia notavelmente confortável pelo tempo que passou com os seus colegas de elenco super famosos. "Eles são super-legais", diz ela.

Condon diz que foi bem além das superficialidades. "Eles foram incríveis com ela", diz ele. "Isso realmente trouxe algo paternal em Rob, e Kristen era especialmente protetora. Eu tinha que interrompê-los quando eles entravam em uma conversa profunda para continuarmos a gravar uma cena.! O fato de que Stewart começou sua carreira atuando ainda criança, em filmes como "The Safety of Objects" e "Panic Room" ajudou bastante. "Eu adorava conversar com Mackenzie", diz ela. "Estou sempre curiosa para saber o que está passando na mente das crianças no set. Ela tem quase a mesma idade que eu tinha quando comecei. "

Pattinson lembra que ter alguém tão jovem no set freou alguns atos mal-educados entre os membros do elenco. "Nós todos temos quase a mesma idade e não somos mais educados entre si. Tinhamos que moderar o tom quando Mackenzie estava por perto," ele diz. "Ou pelo menos tentar. Ela tinha um pequeno pote, e cada vez que alguém falava uma palavrão, tinha que depositar uma moeda, e eu acho que ela conseguiu uns 850 dólares ou algo assim." (Stewart, conhecida por sua linguagem, riu quando foi perguntada se respeitou o pote dos palavrões, 'Hum, não!'.)

Interpretar a mãe de uma atriz de 11 anos, Stewart diz, talvez pode ser mais difícil num contexto tradicional, mas sendo no Mundo de crepúsculo, foi mais fácil colocar a cabeça em torno de maternidade de uma criança, que na vida real é apenas uma década mais jovem: “[Meu relacionamento com Renesmee] é tão completamente enraizado neste mundo, e eu pude me relacionar com isso, porque eu realmente acredito neste vinculo.” A ligação de Bella e Renesmee é particularmente especial, completada com métodos sobrenaturais de comunicação. “É uma relação muito bacana. Espero que isso seja passado nas telas” diz Stewart. E tendo uma atriz como Foy, que (estranhamente) se assemelha à ela e Pattinson, não os deixa entrigados. "Até mesmo nossas mãos são semelhantes", diz Stewart. “Foi meio estranho. Mas é engraçado como isso realmente ajuda. É como, 'Oh, ei, você se parece comigo, garota “Qual é!’”.

Renesmee, é claro, tem uma ligação sobrenatural com um homem mais velho também. Jacob, que passou a maior parte da série em um amor não correspondido com Bella, sofreu um imprinting com a pequena Renesmee – “imprinting” é o processo pelo qual a sua tribo de lobisomens, de repente descobrem quem são suas almas gêmeas. No passado, Lautner disse que achou a mecânica metafísica de tudo um pouco estranha. Mas conversando com Stephenie Meyer e mergulhando de volta no livro temos ele mais confortável com a ideia de estar apaixonado por uma criança. “Todo mundo gosta de me zuar por causa disso”, diz ele. “Todo mundo acha tão engraçado e eu rio junto com eles, mas é importante para mim manter em mente que isto é tão simples como uma ligação ao longo da vida. Não é tão assustador como todo mundo acha que é.” Este “todo mundo” inclui Pattinson, nem preciso dizer. “Oh, eu não posso esperar até vê-la ao vivo na TV”, diz Pattinson à Lautner com uma gargalhada alegre. “Você perguntou a ele se o seu gosto por mulheres mudou? A primeira cena em que eu os vi junto, eu literalmente não conseguia parar de rir. Eu não teria sido capaz de fazer isso.” Lautner permanece resoluto: “Acho que as pessoas ficarão muito felizes com a situação toda do imprinting.”

Brincadeira à parte, o imprinting dá uma solução elegante para o triângulo amoroso movido pelos anos sobre a rivalidade Team Edward / Team Jacob. Uma vez que o coração de Jacob prometido à Renesmee, os três personagens principais se encontram do mesmo lado contra um inimigo em comum. Isso ofereceu a Lautner uma oportunidade para agir além da parte de pretendente desanimado. “Para mim a Parte 2 é ótima porque é um lado completamente diferente de Jacob que nunca vimos antes”, diz ele. “Ele sempre teve um objetivo: estar com Bella. Neste, ele está feliz. Ele esta muito mais descontraído e cômico. O trio estava tão tenso e o triângulo ainda estava lá, mas é uma relação completamente diferente entre eles.”

A conclusão de Amanhecer Parte 2 gira em torno de um confronto em um campo entre o clã dos Volturi e do clã dos Cullen, que se reuniram com amigos de todo o mundo para tentar se proteger. Tradução: Uma enorme quantidade de novos personagens vampiros estavam no set, junto com uma tonelada de extras.

Para Condon, era um desafio logístico - e não apenas porque isto demorou cerca de uma hora para todos voltarem do almoço. "A primeira parte de Amanhecer era toda sobre esses momentos cruciais: casamento, gravidez, nascimento e morte. Havia um caminho claro para seguir. Aqui iremos introduzir 23 novos vampiros e centenas de Volturis extras, então nós apenas tínhamos que ter certeza de ter o mesmo tipo de clareza.” O diretor nunca tinha filmado uma cena de batalha épica antes, mas seu currículo (que inclui Dreamgirls) acabou servindo bem. “Em uma última análise você trata isto como um musical”, diz ele. “É tudo sobre um ritmo.”

Talvez, mas filmar o clímax ainda era um pesadelo, de acordo com seu elenco. “Todo mundo começou a ficar absolutamente insano”, diz Stewart, com uma risada. “Todos se movem tão rapidamente no filme, mas levou muito tempo para filmar. Houve tanto diálogo e tanta gente para filmar e tantas e tantas linhas de história.” Grande parte da ação ocorreu em um armazém, e filmar esta sequência em particular se arrastou ao longo de alguns meses, incluindo refilmagens adicionais para alguns dos protagonistas. “Oh, Deus, nós passamos minha vida no campo com a neve falsa e tela verde,” diz Stewart. "[A neve falsa] fica em contato com você e em seus pulmões. É horrível. É o fim da nossa franquia, e é uma grande coisa, e você tem que realmente trazê-lo para o ponto alto que ele merece. Mas sim, foi uma experiência de perder a cabeça.”

A equipe de Crepúsculo diz que o resultado final das cenas, valeram a pena o esforço, e nós vamos confiar em suas palavras. Eles também dizem que há algum tipo de visual romântico para os fãs nos momentos finais. Pattinson, que já viu uma prévia do filme sem edição, se viu surpreendentemente encantado. “O final é tão doce. É realmente muito agradável” diz ele. “Todo mundo que estava assistindo começou a chorar. Isto faz uma justiça séria para a série.”

Stewart enfaticamente concorda. “Bill decidiu fazer uma coisa realmente incrível no final", diz ela. “Os fãs vão enlouquecer.” Sem dúvida. 16 de novembro, trará um pandemônio em um cinema perto de você.

Fonte | Tradução: Sheila Andrade e Ana Paula Oliveira

Powered by CuteNews