Fear Net fala com o elenco de Lua Nova.

Traduzido/Publicado por Bruna em 25 Jul 2009


Com um novo diretor, novos membros no elenco, e toda uma nova visão artística, Lua Nova promete ser um filme mais maduro e emocional do que Crepúsculo. Fear Net conversou ontem com Kristen Stewart e Robert Pattinson, as estrelas do romance de vampiros, bem como Chris Weitz, o segundo o diretor da Saga Crepúsculo. Saiba o que eles disseram depois desse salto.

Em preparação para Lua Nova: Pattinson: Logo que eu terminasse Crepúsculo eu sabia o que eu teria que fazer, eu sabia que teria muito trabalho a fazer. Fiquei focado, e tudo funcionou bem.
Sobre os fãs na Comic-Con:

Stewart: Eu sabia o que esperar entrando nisso, então fiquei muito menos surpreendida. Neste caso eu estava pronta para isso. Eu acho que estava compensando exageradamente. Eu realmente estava cansada.
Pattinson: Nós vimos apenas tudo o que há para ver com esses fãs o ano passado, então esperamos qualquer coisa. E é apenas impressionante estar com eles de novo e mostrar esses 2 clips do filme.

 No filme que é um romance:
Stewart: O romance provavelmente era a única coisa que poderia tirar essa menina do abismo. Quero dizer, é levado muito mais a depressão. Neste filme você não fica triste, é como se você morresse.

Nos desafios de adaptar um romance:
Weitz: Em termos de recursos visuais, eu considerei a combinação de um sentimento de... No ultimo filme que eu fiz (“The Golden Compass”) é definido como um universo paralelo, de modo que eu pude fazer o que eu quisesse fazer. Nós temos uma espécie de oportunidade de efetuar uma conversão aqui. Este filme, é em um lugar muito específico, de algum modo como se fosse um tipo de lugar cotidiano, o que já é estabelecido. No entanto, levá-lo a alguns vôos de fantasia, maturidade... Para ser honesto, estávamos contratando alguém como David Brisbin, que é um gênio em  produção de designer e um diretor de fotografia, que fotografa coisas com muito luxo, com belas formas. Estamos trazendo algumas coisas novas para o set.

O filme na visão dos lobisomens:
Weitz: Bom, nós queríamos que ele parecesse um lobo, apenas muito, muito grande. Depois que você toma uma decisão crucial que você não tem que gastar muito tempo em R & D. Os criadores começaram fazer o que normalmente fazem para criar monstros. Foi tudo realmente detalhado, a pele, os músculos, a gordura sob a pele, a forma como eles se movem na luz, de modo que tomou muito tempo. Temos uma enorme vantagem, na medida em que o estúdio de Phil Tippet e o próprio Phil Tippet são um dos maiores artistas de efeitos visuais em todo o mundo.

Ao ser o novo diretor:
Weitz: O que nós estamos fazendo em Lua Nova é muito diferente do que foi feito em Crepúsculo. Eu penso que estou muito antiquado em minhas referências de filmes e é o que me atrai, o modo que as cenas são compostas, o modo dos movimentos da máquina fotográfica, a profundidade da cor que eu gosto de gravar as coisas, dessa forma o que me influenciou a contratar o tipo de pessoas que eu contratei na equipe. Não estou Fear Net fala com o elenco de Lua Nova. Com um novo diretor, novos membros no elenco, e toda uma nova visão artística, Lua Nova promete ser um filme mais maduro e emocional do que Crepúsculo. Fear Net conversou ontem com Kristen Stewart e Robert Pattinson, as estrelas do romance de vampiros, bem como Chris Weitz, o segundo o diretor da Saga Crepúsculo. Saiba o que eles disseram depois desse salto.

Em preparação para Lua Nova:

Pattinson: Logo que eu terminasse Crepúsculo eu sabia o que eu teria que fazer, eu sabia que teria muito trabalho a fazer. Fiquei focado, e tudo funcionou bem.

Sobre os fãs na Comic-Con:
Stewart: Eu sabia o que esperar entrando nisso, então fiquei muito menos surpreendida. Neste caso eu estava pronta para isso. Eu acho que estava compensando exageradamente. Eu realmente estava cansada.
 Pattinson: Nós vimos apenas tudo o que há para ver com esses fãs o ano passado, então esperamos qualquer coisa. E é apenas impressionante estar com eles de novo e mostrar esses 2 clips do filme.

No terceiro filme, Eclipse:
Stewart: É agradável porque estamos interpretando os mesmos personagens, construindo coisas neles, cavando mais profundamente a toca deles, é tudo mais profundo.

Sobre o que foi aprendido no filme anterior:
Weitz: Para uma coisa, eu tenho um elenco maravilhoso, que é realmente o principal recurso para mim. Porque quando fui escolhido para a direção do filme, eu não tinha lido os livros ainda, e quando os li, vi que havia este tipo de coisa profunda, de desejar, de romance. Eu herdei uma base enorme de fãs, o que é incrível para um diretor, porque você sabe que as pessoas vão vir e vão assistir o seu filme. Essa é a coisa que mais preocupa quando você está tentando fazer um filme, porque é assim, é tão caro e você trabalha muito, e você faz as pessoas trabalharem duro. Então sabendo que as pessoas vão vir ver é tremendamente agradável.

 Em mudanças na maquiagem em relação ao primeiro filme de vampiro:
Weitz: Há mais consistência entre as cenas, ser sangue frio sobre isso. A coisa toda tem um diferente tipo de olhar, porque esta é completamente uma nova raça de vampiros. A pele de diamante nós estamos refazendo. Vai ser demais.

Tradução: Tati Bombarda

Powered by CuteNews