Entrevista para a "French News"

Traduzido/Publicado por Ana Paula em 10 Nov 2009


Nossa equipe traduziu um resumo do que foi falado na entrevista de Robert Pattinson ao "French News", que foi feita em inglês pelo site "rpattzrobertpattinson.com", e se trata desta entrevista.

A jornalista o apresenta como o homem sonhador. Nós temos uma pequena reportagem sobre o frenesi de Crepúsculo. Eles recapitulam o sucesso dos filmes e livros. O fenômeno foi incrível em 2008. Chris Weitz é entrevistado e diz que é muito difícil pessoas tão jovens lidarem com essa situação. Eles nos lembram da estreia de Lua Nova dia 20 de novembro. Eles afirmam que um nome desencadeia a frenesi: Rob.

Kristen em uma reportagem afirma que os personagens devem supostamente serem perfeitos. Uma questão é feita: eles sobreviverão ao furacão?

Laurence Ferrarri cumprimenta Rob em francês e Rob responde em francês “Bonsoir” (boa noite). Então ela pergunta a ele se ele fala inglês. Rob diz “um petit peu” (um pouco) com um sotaque bastante charmoso. Ela declara que ele fez vários filmes antes a depois fala sobre o sucesso do livro e do filme. Ela pergunta a Robert se na opinião dele, esse sucesso é devido aos vampiros ou a ele?

As respostas do Rob são uma mistura: o sucesso do livro e da presença dele. Ele diz que os filmes não são feitos apenas para garotas. Para ele, é um sucesso de bilheteria para todos.

A jornalista se refere ao aspecto sensual e sexual da saga. Rob diz que no livro a história é bastante puritana e reconhece que há essa sedução na relação, que é agradável e então nós temos outros enredos.

Depois a repórter compara Crepúsculo com Harry Potter e Rob diz que em HP não havia absolutamente nada de sexo. O que seduz a audiência, de acordo com Rob, são os personagens com quem você pode se relacionar, enquanto que em HP há tantos personagens que você não pode se relacionar com os sentimentos deles.

A jornalista diz que 3 filmes já foram feitos. Então ela pergunta como ele vai se livrar de seu personagem? Como ele vai continuar sua carreira?

Ele brinca e diz que talvez tudo irá parar após o último filme. Então ele diz a ela que as filmagens são feitas rapidamente, então ele espera que ele será capaz de fazer mais tarde, com outros papéis ou filmes. Ele diz que não está aprisionado no seu personagem.

Depois Laurence Ferrari refere-se ao frenesi e á loucura de alguns fãs e ela pergunta se ele é atingido pelo pânico.

Rob afirma que ele apenas tem medo quando a sua vida privada está comprometida. Caso contrário, ter fãs gritando é parte do trabalho. Tudo isto é novo para ele e, atualmente, ele acha isso engraçado por causa de todas essas meninas o perseguindo. Ele nos diz que quando ele era um rapaz jovem, era difícil para ele ter namoradas.

Ela pergunta a ele que atores são modelos para ele? Leonardo Di Caprio? James Dean? Primeiramente, ele afirma que como ator é difícil se identificar com um ator que não tem nenhum mistério. Ele diz que os seus modelos estão bastante for a de moda porque hoje em dia é meio que impossível manter o mistério devido a internet. Ele ama Marlon Brando e James Dean.

Finalmente a jornalista o descreve como alguém que ama música e cerveja. Ela também diz que ele não encarna o filho perfeito dentro da lei, mas as meninas gostam dele assim mesmo.

Rob diz que ele supõe que isso é parte de seu encanto desde que ele não é um cara convencional ou talvez porque seu personagem é completamente desesperado que as meninas são seduzidas. Ele não quer parecer desesperado, mas ele não tem escolha.

Tradução: Iana Louise 

Powered by CuteNews