Twilight: Significados Ocultos revelados

Traduzido/Publicado por Deia Almeida em 22 Jul 2010


Edward Cullen
Enquanto tentava escolher um nome para o arrojado vampiro ‘vegetariano’, a autora Stephenie Meyer procurava por algo tradicional e romântico. Edward foi a escolha perfeita uma vez que pertence a dois grandes heróis de obras literárias, Sr. Rochester em 'Jane Eyre' e Sr. Ferrars em 'Senso e Sensibilidade'.

O Clã Cullen
Composta por Carlisle  e Esme Cullen e seus cinco filhos adotivos, o Clão Cullen carrega uma semelhança assustadora com a própria família de Stephenie. Educada no Arizona com cinco irmãos, Stephenie admitiu que ela foi insultada e chamada de ‘fantasma’ por colegas da escola por causa de sua pele pálida. Talvez a unida, pálida e ainda extraordinariamente bela Família Cullen, foi um modo de Stephenie responder a essas crianças, e Bella, a pálida garota do Arizona, é o reflexo dela mesma.

O Brilho de Edward
Stephenie foi inspirada a escrever Twilight após sonhar com um homem que era ‘fantasticamente lindo, brilhante e vampiro’. Este era uma ideia incomum aos contos anteriores, os vampiros era destruídos pela luz solar, e não iluminado por ele! Stephenie decidiu que a pele brilhante poderia ser usada como um meio para os vampiros atrair a sua presa humana. Bem para isto, ela explica que as células dos vampiros com a pele brilhante, são ‘duros e refletem como cristal’ e portanto, inquebrável e protetora.

Tradução: Kristen Team
Fonte

Powered by CuteNews