Comentário do DVD ‘Eclipse’: Robert Pattinson e Kristen Stewart disputam por Bella, Jacob, e o ciúme de Edward

Traduzido/Publicado por Ana Clara em 07 Dec 2010


A Saga Crepúsculo: Eclipse chegou em DVD e Blu-ray durante o fim-de-semana, e a faixa de comentário fornecida por Robert Pattinson e Kristen Stewart está entre os destaques. Ao ouvir o comentário, você percebe duas coisas: Ela realmente odiava a peruca que ela tinha que usar (o seu cabelo ainda estava curto estilo Joan Jett por causa da filmagem de The Runaways), e esse deve ter sido o maior tempo que você já os ouviu conversarem fora dos personagens.

Ela está muito mais relaxada do que ela estava no comentário para o primeiro filme, e ele está ainda mais disposto a comicamente questionar os motivos de Bella e Edward. Eles riem constantemente – especialmente durante suas divergências sobre se a Bella deveria ou não continuar sua amizade com Jacob mesmo que isso aborreça o Edward. Ele pode estar apenas provocando-a (se eles estivessem na mesma cidade gravando a faixa, ele teria sido estapeado, de brincadeira, repetidamente), mas ele também pode estar querendo dizer algo: Há dois pesos quando se trata de mulheres em relacionamentos poderem ter amigos homens, mas homens em relacionamentos não poderem ter amigas mulheres? Discussão.

GUERRA DOS SEXOS, PARTE 1: Bella furiosa deixa Edward na escola para alcançar Jacob

Pattinson: Eu simplesmente não entendo isso. Eu não entendo o seu processo de decisão ao partir aqui. Eu nem mesmo entendi na hora. Eu estava assim, “Eu tenho que terminar com você imediatamente”. [Ele está] tipo, “Por favor, por favor, não vá. Não me deixe, não me deixe, por favor”. E [ela está] tipo, “Cale-se. Eu vou sair com este cara que quer trair, que quer dormir comigo” ou o que quer que seja.
Stewart: Opa!
Pattinson: Eu só disse a palavra errada. “Que quer me beijar, que quer segurar a minha mão”. [Risos]
Stewart: Cale a boca... Eu acho que esta é a primeira discussão toda que eles tiveram no início, que ela pode ter outros relacionamentos.
Pattinson: Por quê? Não, ela não pode ter outros relacionamentos.
Stewart: E ela o conhece de uma forma que você não o conhece... Isso é legal. É meigo que ele esteja –

Bella é recebida pela matilha de lobos sem camisa.

Pattinson: Meu Deus, se alguma vez eu visse minha namorada freqüentar as casas desse bando de caras com suas barriguinhas de fora [Ambos riem]... E seus peitos falsamente bronzeados, e suas tatuagens adesivas.
Stewart: Edward é só um pouquinho mais maduro que você.
Pattinson: Maduro?
Stewart: Sim.
Pattinson: Não.
Stewart: Ele consegue lidar com isso. Ele é um pouquinho mais seguro.
Pattinson: Deixe-me perguntar só uma coisa... O tempo afetou a gravação neste dia? [Risos]
Stewart: Vamos olhar para a peruca. Nós podemos julgar simplesmente por isso.

GUERRA DOS SEXOS, PARTE 2: Jacob diz a Bella que ele vai lutar por ela até o seu coração parar de bater, depois a beija

Stewart: Todos a estão sempre questionando, sabe. Meu Deus.
Pattinson: É, mas, Jesus, eu também estaria. Com exceção do Edward. Edward não está. O Edward está tipo, “Ouça, é assim que é...”
Stewart: O Edward não está questionando?! Tá brincando?
Pattinson: Ele não a questiona. Ele apenas diz a ela como é.
Stewart: Exatamente, o que é basicamente o oposto.
Pattinson: Sem perguntas. Mas ele sabe.
Stewart: [Melodramaticamente] Completamente desconsidera qualquer dos sentimentos dela ou opiniões. Ele não ouve.
Pattinson: É, obviamente, ele não iria. Por que você deveria ouvir a alguma garota falar que ela gosta de outro cara talvez mais do que de você? É como, “Bom, se você gosta, então me deixe”. [Risos]
Stewart: Isso – não, não, não – isso ele ouve porque é algo pelo qual ele pode facilmente se matar. Mas todas as coisas que são mesmo que remotamente elogiosas a ele, e tornando tudo mais fácil, e apenas sendo corajosos e se atirando a algo, e sendo tipo, “Vai dar tudo certo”, ele está sempre introduzindo estas razões falsas, pragmáticas,
que eles não podem fazer as coisas.
Pattinson: Elas não são razões falsas e pragmáticas.
Stewart: Elas são.

GUERRA DOS SEXOS, PARTE 3: Bella se prepara para ser carregada montanha acima até a barraca por um Jacob sem camisa

Pattinson: Você só dá a ele tanto trabalho o tempo todo.
Stewart: [Risos] Certo, nós não podemos fazer isso de novo, sério.
Pattinson: Eu me sinto muito mal por ele. Eu me lembro de ter visto isso na estréia, e eu estava falando com as pessoas mais tarde e simplesmente dizendo, “Isso é, tipo, a história mais depressiva do mundo. Você tem esse carinha andando por aí sem camisa o tempo todo. É tão próximo à realidade, que há sempre algum idiota que quer se intrometer na sua vida o tempo todo”.
Stewart: Do que você está falando?
Pattinson: Do que você está falando?
Stewart: Como isso está relacionado com a sua realidade?
Pattinson: [Risos] E as garotas nunca conseguem entender. Literalmente, você só pode conversar com homens sobre isso porque as garotas nunca entendem. Garotas ficam tipo, “Por quê? Eu deveria ser capaz de fazer qualquer coisa que eu queira”. [Ambos riem] E o cara fica tipo, “Mas eu estou apaixonado por você. Você deveria, tipo, respeitar isso”. É, tipo, você não pode simplesmente continuar saindo com o cara nu o tempo todo. Se eu começasse a sair com garotas com seus seios de fora o tempo todo, então você simplesmente não iria gostar. [Longa pausa] Seiooos!
Stewart: [Risos] Você está bêbado neste exato momento, sério?
Pattinson: Eu estou tão cansado.
Stewart: Você tem, tipo, um fardo de Heineken do seu lado. Eu sei disso.
Pattinson: Eu não. Eu tenho que dirigir.
Stewart: Eu não sei se essa é uma idéia muito boa.
Pattinson: Eu não estou bebendo, juro por Deus. Eu estou apenas sentado em uma sala sozinho. É tão fácil enlouquecer.

FIM DE CENA.

Certo, de que lado você está? (E se você ouviu o comentário deles, o quão intensa é a química entre eles?)


Fonte | Tradução: Mariza Canato

Powered by CuteNews