Tradução da revista Closer Magazine (França)

Traduzido/Publicado por Deia Almeida em 22 Aug 2011


Closer: Você entende a incrível paixão que as pessoas tem por você?
Pattinson: Não, se você puder entender e me explicar o sucesso de alguém, acho que seria uma celebridade de Hollywood. Graças a Deus, existe uma conta grande de aleatoriedade, sorte, mas também mistério. Isso torna meu trabalho mais interessante. Quando você pensa que meu sucesso está baseado no fato de que (no começo) eu não contei a verdade, é incrível. Quando vim a Hollywood, eu fingia ser americano para fazer alguns testes. Eu inventei muitas vidas. Um dia eu estava como alguém americano, e praticamente na estrada e no outro eu era um estudante europeu de Oxford. Se eu não tivesse mentido para as pessoas, poderia nunca ter tido sucesso em Hollywood.

Closer: o sucesso fez você perder a cabeça?
Pattinson: Minha família está sempre lá para ver fazer descer na terra se eu precisar, coração e alma, no meu trabalho para eu não pensar, fiz muitas coisas, e viajei e ainda não penso em sucesso e não analiso isso. É por isso que as pessoas ficam sempre surpresas quando me conhecem. Me recuso a ler artigos sobre mim, e programas de tv que de alguma forma falam da minha vida pessoal.

Closer: Você é romântico?
Pattinson: Tive a oportunidade de ser criado por pais que ama um ao outro. Eles estão juntos por 40 anos. É mágico, de verdade, porque você pode ver como eles se amam. Eles não se largaram desde o primeiro dia. Um raio de luz. Então sou romântico.

Closer: O exemplo de seus pais é como uma pressão?
Pattinson: Tento não pensar sobre isso (risadas) admito, no entanto, eles colocam isso bem no alto. Não sinto pressão, mas um sentimento de dúvida, então nunca sei se fiz uma boa escolha ou não. Inconsciente, devo ter uma influência de sua vida de casados. Mas não é um obstáculo, é mais como uma fonte de inspiração.

Closer: Mas você já achou sua alma gêmea, Kristen Stewart…
Pattinson: Por enquanto só existe uma alma gêmea, meu cachorro, Bear, eu o adotei recentemente. Fui totalmente seduzido por esse animal desde o primeiro momento que fui adotar. É incrível como animais podem ouvir e entender os sentimentos humanos - tenho a impressão de ter uma pessoa de verdade comigo desde que o adotei.

Closer: Tenho a impressão de que você está incrivelmente se isolando
Pattinson: Você sabe, posso estar. Prefiro ir para casa e ver um DVD do que ir a festas... Obviamente minha vida me faz tomar decisões que eu não tomaria se não fosse famoso. Como ficar em casa, evitar sair, etc... E minha mãe diz: "Sucesso tem um preço, meu querido, e é caro."

Closer: Quem é o verdadeiro Robert Pattinson?
Pattinson: Uma pessoa muito reservada. Onde acha que entrevistas são torturantes, e não gosta de se exteriorizar, então sou amigo, também; Sou muito sensitivo, nostálgico e sentimental. E essa é uma razão pela qual não me sinto confortável na sociedade. Nos anos recentes eu me dediquei como ator e isso veio como escape, uma maneira de escapar da realidade.

Fonte | Tradução: Desirée


Powered by CuteNews