Transcrição da entrevista de Robert no TF1

Traduzido/Publicado por Josi Teixeira em 25 Oct 2011



Laurence: O quarto filme de Crepúsculo estreia no próximo mês. Os mais sortudos foram capazes de vê-lo ontem na premiere do filme em Paris. Falaremos sobre isso em poucos segundos com Robert Pattinson, mas primeiro Benedicte Duran e Frédérique Miniard vão nos apresentar o filme.

Laurence: Robert, Olá.
Rob: Olá.

Laurence: Obrigado por vir em Paris. Você vem com bastante frequência na França, você tem que gostar de França para vir promover o filme, não é?
Rob: Definitivamente sim. Eu amo vir aqui, eu venho basicamente a cada três meses.

Laurence: Então, hoje você veio falar conosco sobre o último filme da saga, que foi dividido em dois filmes. A filmagem acabou, está tudo pronto. Como você está se sentindo? Você se sente triste porque está acabado ou você está aliviado?
Rob: Eu acho que é um pouco de ambos. Quer dizer, eu passei quatro anos… Foi uma parte importante da minha vida. Quando eu terminei um dos filmes ‘Crepúsculo’, nós filmamos outro, eu fiz um filme diferente, então eu voltei para gravar outro de ‘Crepúsculo’ por isso é muito estranho não estar mais neste sistema. Eu me acostumei a ele. Eu fiz alguns bons amigos, mas eu não sei quanto tempo mais eu posso interpretar um personagem de dezessete anos então… Estou com quase 26. Fica complicado depois de um tempo.

Laurence: Sobre seu personagem, Edward? Será que ele combina com você, você sente que já o superou agora que você foi em frente na sua carreira no cinema?
Rob: Acho que de alguma maneira, eu estou cheio de auto-depreciação. Não, eu não acho, não. Eu acho que em alguns aspectos eu superei. Neste novo filme, eu meio que saio da caracterização dele no livro, porque ele é muito passivo e eu precisava fazer mais para dar algum tipo de energia para o personagem. Mas eu não sei se ele é igual a mim, talvez eu tenha me aproximado dele depois de todos esses anos.

Laurence: Enfim, o que é interessante e que vimos no vídeo anterior é que o seu público também mudou. Antes você tinha um maior número de fangirls mais jovens, mas agora você também tem as mães dessas meninas, que são chamadas twimoms, as mães de ‘Crepúsculo’. Será que isso o surpreende, este fenômeno de uma geração tão diferente, passando de meninas para mulheres mais velhas?
Rob: Eu acho que elas ficaram mais jovens. Tudo começou com os fãs nos seus quarenta anos e agora eu sinto que elas estão vindo direto do berço. Eu sempre achei que ia ser um público mais jovem, mas tem um monte de mulheres em seus vinte e poucos anos, quase. Aquelas que estão sempre indo até o set. Eu não sei, talvez as meninas estão sendo influenciadas por suas mães.

Laurence: Você se considera uma grande estrela de Hollywood ou ainda é, em sua cabeça, o garoto Inglês que gosta de música e rock and roll e meio que permanece assim como um ato de rebeldia?
Rob: Eu não sei. Eu não tenho a mesma vida que eu costumava ter. Eu aprendi a gostar de L.A. um tanto mais e eu estava em Londres na semana passada e é quase impossível viver em Londres. Há tantas pessoas nas ruas espreitando em todos os lugares, então você tem que se esconder. Mas em L.A. se você sair com seu carro você pode provavelmente evitar a multidão. Sim, eu realmente não sei o que eu sou.

Laurence: Vamos falar sobre música. Você cantou duas músicas para o primeiro filme da saga. Agora que as filmagens acabaram, há rumores de que você vai gravar um álbum inteiro?
Rob: Quer dizer, talvez um dia. Existem esses tipos de boatos. Estou sempre tocando e gravando, mas eu não sei. As pessoas odeiam quando os atores se tornam músicos, então eu tenho evitado isso durante o maior tempo possível.

Laurence: Você ainda está fazendo filmes. Você acabou de gravar um filme com o canadense David Cronenberg. Você quer tomar um rumo diferente com a sua carreira após tirar o enorme peso que é interpretar Edward Cullen e “Crepúsculo”?
Rob: Digo, não é realmente se afastar. Eu não acho que eu consigo me ver fazendo “Crepúsculo” após “Crepúsculo” nos próximos 20 anos. Mas eu sempre quis misturar isso com outras coisas, eu quero dizer, trabalhar com pessoas como Cronenberg, digo, é… Eu amava Cronenberg antes mesmo de começar a atuar e, especialmente com atores incríveis, Juliette Binoche está nele, e Mathieu Amalric. Há um monte de franceses que trabalham com ele. É totalmente diferente do que eu fiz antes e eu sinto que estou indo na direção certa.

Laurence: Muito obrigado, Robert Pattinson. Você aprendeu algumas palavras em francês durante as filmagens do filme de Cronenberg?
Rob: Palavras francesas em geral ou sobre ele?

Laurence: Palavras francesas em geral?
Rob: Apenas palavras em francês. Eu posso dizer huh. O que eu sei em francês huh? Eu vou parecer que estou completamente louco. Le cochon dinde (porquinho da índia). Le bibliothèque (a biblioteca). Quelle est le date de ton anniversaire? (Quando é seu aniversário?) Deus, eu pareço como um idiota.

Laurence: Não, você pareceu muito charmoso. Obrigado por ter vindo. “Amanhecer” sai no mês que vem em nossos cinemas.

Fonte: PattinsonLife


Powered by CuteNews