Robert Pattinson fala com a Film3Sixty (UK) sobre Bel Ami

Traduzido/Publicado por Ana Paula em 19 Mar 2012


Em entrevista ao Film3Sixty do Reino Unido para a promoção de seu mais novo filme ‘Bel Ami’,  Robert Pattinson responde sobre o longa, também fala sobre como lida com a fama e sobre seu personagem na Saga Crepúsculo, Edward Cullen.

Mais conhecido pela interpretação do vampiro galã Edward Cullen, na Saga Crepúsculo de sucesso fenomenal, Robert Pattinson se transforma em um sedutor em série em seu novo filme Bel Ami. Nesta adaptação do conto clássico de Guy de Maupassant, ele seduz nomes como Uma Thurman, Christina Ricci e Kristin Scott Thomas. Alguns amigos tem muita sorte.

Film3Sixty: Seu personagem em Bel Ami, Georges Duroy, é um homem sem moral?
Robert Pattinson: Ele somente não tem consciência. Ele está contente em não fazer nada e pensa que tudo deveria ser simplesmente dado a ele. Mas se alguém o desrespeita, ou direciona qualquer insulto a ele, a energia mais contagiante o agarra e ele se torna num demônio em absoluto. É como em “Giant”, quando [James Dean] constrói todo um império para dizer “Se Fod*”, ele é exatamente assim mas sem nenhuma característica redentora. A história toda é sobre essas pessoas tentando deixá-lo com remorso, e justamente quando ele está prestes a chegar nisso, algo acontece novamente com ele.

Você tem muitas mulheres atraentes para conquistar nesse filme…
Sim, há Christina Ricci, Uma Thurman e Kristin Scott Thomas. E eu dormi com todas elas!

Então foi um filme agradável de se gravar?
O roteiro é incrível. É muito engraçado de uma forma meio estranha. Eu tive que faz quatro semanas de ensaios, seis dias por semana, dias cheios, incluindo ensaios de movimento, o que eu nunca havia feito antes. Aquilo foi meio exaustivo e praticando esgrima todos os dias também, o que era absolutamente impossível!

“Ele é um cara que abusa muito das mulheres para conseguir dinheiro delas. Edward nunca aprovaria isso!”

Você escolheu este papel por causa do personagem ser o oposto de Edward Cullen em Crepúsculo?
É sempre a respeito do roteiro. Eu acho que há algo realmente engraçado sobre Bel Ami, indo de Edward para interpretar um cara que abusa muito das mulheres para conseguir dinheiro delas. Edward nunca aprovaria isso – e eu acho que é uma ironia engraçada. Mas a história, independentemente disso, é ótima, então eu somente pensei sobre essa ironia depois de aceitar o trabalho.

Como você lida com a fama?
Eu só tento me manter trabalhando. Eu lembro que dez anos atrás Leonardo DiCaprio disse que ele gostava de ser capaz de tirar umas férias de tudo, mas eu não acho que ele consiga fazer isso mais. Eu acho que você precisa capitalizar e orientar sua carreira ao mesmo tempo, especialmente com uma coisa como Crepúsculo, quando é algo que literalmente é enorme e que explodiu. É como um sistema inteiro, um universo inteiro.

É um fardo para você, ou abre suas portas?
Abre as portas e fecha-se outros como qualquer coisa. Você pode dizer: ah, se eu ainda fosse desconhecido, então ninguém iria me julgar, mas ao mesmo tempo, ninguém daria a mínima também. É um equilíbrio um pouco estranho.

Bel Ami é nos cinemas do Reino Unido agora.

Fonte: film3sixtymagazine

Powered by CuteNews