Entrevista para Revista Alemã In Style

Traduzido/Publicado por Deia Almeida em 28 Jul 2010


Incrivelmente sexy

Estrela de Crepúsculo, Robert Pattinson, fala sobre amor sem regras, o primeiro e excitante amor, e o quanto ele desejaria ter um cachorro e o motivo dele somente viver em hotéis.

Robert Pattinson toma chá com leite como café da manhã. Ele desliga o ar condicionado e no lugar abre uma janela. Durante a entrevista no Hotel Four Seasons em Beverley Hills a estrela de Crepúsculo vestia uma camiseta preta e um jeans bege da Levi´s. o seu cabelo legendário está cortado e curto dos lados. Isso por conta do seu papel no drama no circo “Água para Elefantes” que se passa nos anos 30, o qual está sendo filmado agora, contracenando com Reese Whiterspoon e Christoph Waltz. Bastante diferente do Edward Cullen, o vampiro, pelo qual milhões de garotas se apaixonaram. No terceiro filme da série, “Eclipse”, Bella (Kristen Stewart) tem que admitir seu amor eterno. Na vida real ambos permanecem silenciosos sobre o seu relacionamento. Robert continua a ser o cara dos sonhos das garotas.

Todos os seus colegas de “Crepúsculo” disseram que você se apaixonou por Edward depois de ler os livros. Apaixonar-se por um vampiro que se abstém de sexo antes do casamento. O que você acha disso?
Eu acho que Edward tem medo de sexo (risos). Não, eu meio que entendo o seu ponto de vista, pois, no momento em que você não tem certeza sobre si mesmo em um relacionamento é a parte mais emocionante. Talvez, eu seja antiquado nesse aspecto. Não devem existir regras no amor. Alguns casais se conhecem num bar, dormem juntos na mesma noite e vivem felizes para sempre.

O que você acha das garotas que gritam ”Case comigo” nas premieres dos seus filmes?
É enlouquecedor, mas é apenas uma parte do meu trabalho.

Uma vez você disse que tem uma relação muito profunda com seu cachorro...
Eu estava parcialmente falando sério. Infelizmente meu cachorro, um terrier West Highland, morreu no último dezembro. Ele estava com 18 anos. Eu amo cachorros e adoraria ter outro novamente, um mais velho que já tenha sido treinado. Eu quero um cachorro que já seja perfeito? Seria como comprar um apartamento já mobiliado. Muito impessoal.

Mas, você está acostumado a isso, certo? Você dirige apenas carros alugados, mora em hotéis, come em restaurante. Como é se sentir desabrigado?
É necessário. Em Los Angeles eu vivo em 5 hotéis diferentes, pois, após dois dias os paparazzi estarão esperando na frente do hotel. Eu não compro uma casa por conta disso. Depois de uma semana milhares de pessoas saberão onde moro – não seria um lar.

Como é viver em um hotel?
O serviço de quarto não é muito bom para mim. Em Londres estava viciado em pratos de frango, comida gordurosa indiana. Agora em Los Angeles eu peço 5 pratos saudáveis, os quais são entregues pela manhã. Eu sei apenas fazer torradas e adiciono molho de churrasco em tudo (risos).

Você às vezes se sente solitário no hotel?
Não há tempo para isso. Estou rodeado de pessoas o tempo todo. No set você pergunta “Como vai?” a centenas de pessoas todo dia. Eu poderia facilmente passar dois meses sem falar com nenhuma pessoa.

Você preferiria não ser famoso?
Não, apenas seria mais tedioso. Antes eu não conseguia entrar nos clubes, agora eu os evito. Os quatro meses anteriores a premiere de “Crepúsculo” foram os que eu sai mais. Do nada eu estava aparecendo na lista de convidados dos melhores clubes de Los Angeles. Os paparazzi não sabiam quem eu era, mas todos os porteiros me deixavam entrar. Em Londres as coisas eram diferentes, se você desse 200 libras por porteiro, você entrava, sem importar se você era famoso ou não. Mas, acho que meu tempo de clubes já acabou.

Tradução: Maianny Vanessa

Powered by CuteNews